Versão mobile

Égua espancada na Ilha dos Marinheiros se recupera

Apesar da surra que a fez tombar, Branca aparentemente estava sem seqüelas

Por: Mauro Graeff Júnior
30/10/2008 - 17h42min
Égua espancada na Ilha dos Marinheiros se recupera Wesley Santos, especial/
Flagrante de três jovens chicoteando um cavalo na Ilha dos Marinheirosgaleria de fotos  
O animal flagrado na quarta-feira pelo fotógrafo Wesley Santos sendo espancado por três jovens na Ilha dos Marinheiros, em Porto Alegre, foi localizado nesta quinta-feira pela reportagem de Zero Hora. Apesar da surra que a fez tombar, a égua, batizada de Branca, aparentemente estava sem seqüelas. Pastava amarrada a uma corda em no canteiro entre as pistas da BR-290.

Um dos agressores, um jovem de 15 anos, ficou impressionado com a repercussão do assunto após publicação das fotos em jornais da Capital. Na entrevista concedida a ZH, considerou o episódio "normal" e disse que as chicotadas eram a única maneira de fazer o animal andar. O fato causou revolta entre entidades de proteção aos animais, que pretendem denunciar o fato ao Ministério Público e à Polícia Civil.

Zero Hora preserva a identidade dos carroceiros porque pode tratar-se de jovens protegidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente
 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.