Versão mobile

Kaká cogita idéia de entrar na política depois que parar de jogar

Silvio Berlusconi revelou intenção do jogador a Lula durante encontro na Itália

14/11/2008 - 16h17min
Kaká cogita idéia de entrar na política depois que parar de jogar Andrew Medichini, AP  /
Junto com demais brasileiros do Milan, Kaká se encontrou com Lula na Itália Foto: Andrew Medichini, AP  
Melhor jogador de futebol do mundo em 2007, o meia Kaká não descarta a idéia de entrar na política depois que deixar os campos. A informação foi dada pelo premiê italiano e dono do Milan, Silvio Berluconi, em encontro com o presidente brasileiro Luiz INácio Lula da Silva. Em entrevista concedida ao jornal Corriere dello Sport, o jogador confirmou a possibilidade:

— Veremos. Agora penso em futebol, depois começarei a aprender algumas coisas de política e um dia talvez tenha vontade de entrar nesse ambiente — disse.

Recentemente, Kaká declarou também que pretende ser um pastor evangélico depois de pendurar as chuteiras. Afirmou que "é um caminho difícil, porque é necessário estudar teologia e se aprofundar no estudo da Bíblia", e negou que sua conversão à fé evangélica tenha acontecido quando quase se afogou em uma piscina, aos 18 anos.

Notícias Relacionadas

12/11/2008 | 15h49

Berlusconi afirma que Kaká pretende se envolver com a política no futuro

Jogadores brasileiros do Milan receberam o presidente Lula em Roma

11/11/2008 | 17h47

Político critica Berlusconi por levar brasileiros do Milan para encontrar Lula

Torcedor da Roma, Paulo Cento diz que teria mandado ao presidente uma camiseta de Falcão

11/11/2008 | 13h27

Lula encontra jogadores brasileiros do Milan na Itália

Presidente foi acompanhado pelo primeiro-ministro da Itália e dono do Milan, Silvio Berlusconi

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.