Versão mobile

Preço do camarão diminui 50% no Mercado Público da Capital

Segundo vendedor, nesta época do ano é comum vender cerca de 370kg por dia

18/03/2009 | 20h53
Preço do camarão diminui 50% no Mercado Público da Capital  Cynthia Vanzella /
Preço do camarão pode variar entre R$ 10 e R$ 7,50 o quilo Foto: Cynthia Vanzella
Se depender do preço, o camarão vai rechear a mesa de muitos gaúchos nas próximas semanas. A chegada de uma supersafra, como é chamada a produção vinda do Sul do Estado, fez baixar mais de 50% os valores do camarão com casca com relação ao mesmo período do ano passado.

Hoje, um quilo do produto custa R$ 10 no Mercado Público. Mas, se o cliente levar mais de dois, o preço cai para R$ 7,50 o quilo.

— É o momento de vender muito. Não estamos dando conta dos pedidos — comemora Carlos Cesar Vasconcelos, 53 anos, gerente de uma banca de pescado.

Segundo Carlos Cezar, nesta época do ano é comum vender cerca de 370kg por dia. Porém, como o preço está acessível, somente no sábado passado foram comercializadas 595kg de camarão em apenas duas horas.

— Até eu vou levar a minha cota de camarão antes que acabe — garantia o balconista Ênio de Souza, 57 anos, enquanto servia um cliente na manhã desta quarta.

Foi o que fez a dona-de-casa Carmem Vigna, 52 anos, de Esteio. Ao ver o preço mais baixo do que em outras época do ano, Carmem comprou 8kg de camarão. Gastou R$ 60. Se fosse fora da supersafra, pagaria cerca de R$ 130 pela mesma quantidade.

— Boa parte dele vou consumir na Páscoa. O resto, pretendo congelar por mais um tempo — planeja a dona-de-casa.

Especialista alerta

Para quem pretende economizar comprando mais quantidade e guardando no congelador, a médica veterinária e chefe da equipe de vigilância de alimentos da Secretaria Municipal da Saúde, Cláudia Ache, alerta:

— Só se congela por, no máximo, dois meses. E mesmo assim, o camarão tem que estar limpo, bem acondicionado e num freezer. Em congeladores comuns, o prazo diminui para 15 dias.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.