Versão mobile

Leitores de diversas regiões do RS relatam transtornos após pane de internet e telefone

Incêndio no prédio da Oi, na Capital, causou o problema

31/05/2009 - 22h45min
Leitores de diversas regiões do RS relatam transtornos após pane de internet e telefone Ronaldo Bernardi /
Incêndio foi controlado rapidamente pelo bombeiros Foto: Ronaldo Bernardi  
Leitores de várias regiões do Estado relataram por meio de zerohora.com o transtorno ocorrido durante toda a tarde deste domingo, quando um incêndio destruiu salas do 17º andar prédio da empresa de telefonia Oi, localizado na esquina das avenidas Borges de Medeiros e Salgado Filho, na Capital, e causou uma pane nos serviços de telefonia e internet da operadora.

Na maioria das localidades, os serviços só foram restabelecidos no meio da noite. De acordo com a leitora Ivany Aita, que reside em Santa Maria e ficou sabendo do problema por meio da Rádio Gaúcha, o sinal da internet foi interrompido por volta das 16h e retornou às 20h.

Foi o mesmo tempo que Tiarajú Goldschmidt, de Santo Ângelo, ficou sem o serviço. Já em Bagé, a internet só voltou perto das 21h. O leitor Marcio Cattani afirmou que o serviço de atendimento ao cliente da empresa funcionou.

— Após eu ligar para a operadora, não levou um minuto e tudo voltou a funcionar — relatou.

Em Tramandaí, no Litoral Norte, o problema se repetiu. De acordo com a leitora Sabrina Escopelli, que reside na cidade, apesar do transtorno, a empresa cumpriu o prazo estabelecido para a solução do problema:

— Às 16h ainda consegui acessar a internet, depois tentei novamente por volta 17h e já tinha caído o sinal. Liguei para o 10314 e me informaram que a região toda estava sem sinal, mas que seria normalizado até as 20h55min. Dessa vez não tem do que reclamar, pois fui atendida e o serviço foi concluído no tempo previsto.

Já o leitor Eder Amengual, morador de Porto Alegre, lamenta o ocorrido.

— O lamentável é que todo mês vem a conta pra pagar, como se nada tivesse acontecido. Azar do consumidor pela interrupção do serviço — opinou.

Você foi afetado pela pane na telefonia e na internet no final da tarde deste domingo? Envie seu relato

O que foi afetado

— Serviços de telefones de emergência, 192 (Samu), 190 (Brigada Militar), 193 (Bombeiros) e 181 (Polícia Civil).

— Serviços da prefeitura, como EPTC (118) e Dmae (115) também foram afetados.

— Das 24 delegacias, a maioria estava com os telefones funionando. As que ficaram sem telefone não podiam registrar ocorrências.

— A Área Judiciária do Palácio da Polícia e DML também ficaram sem telefones. Alguns celulares funcionais da Polícia Civil também ficaram fora do ar.

— Os técnicos da Secrearia de Segurança tiveram que desviar ligações do 190 para celulares. Só assim conseguiam atender às ocorrências.

— O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) operou durante à tarde com 30% da sua capacidade normal.

Para onde ligar

A previsão era de que os serviços seriam normalizados durante a madrugada. Enquanto eles não forem retomados, outros ramais foram disponiblizados para o atendimento ao público:

— O serviço 118 pode ser acionado pelo telefone 2105-6570.

— O Samu pelo 2105-7899.

— Dmae pelo 2105-9115.

— A prefeitura também informa que qualquer atendimento de urgência pode ser solicitado pelo 190.
 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.