Versão mobile

MPF confirma pedido de afastamento do cargo da governadora Yeda

Órgão denunciou nove nomes por improbidade administrativa

05/08/2009 - 16h08min
MPF confirma pedido de afastamento do cargo da governadora Yeda Adriana Franciosi/
Promotores explicam os motivos que levaram o MPF a denunciar os nove envolvidos Foto: Adriana Franciosi  

Os procuradores do Ministério Público Federal confirmaram na tarde desta quarta-feira uma ação de improbidade administrativa contra a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius. No documento também consta o nome do professor Carlos Crusius, dos deputados José Otávio Germano, Luiz Fernando Záchia, Frederico Antunes, do ex-secretário Delson Martini, da assessora da governadora Walna Vilarins Meneses, do diretor do Banrisul Rubens Bordini e do presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, João Luiz Vargas.

Entenda a ação civil ajuizada contra a
governadora Yeda Crusius e políticos gaúchos


Saiba mais sobre os nove envolvidos
na ação do Ministério Público Federal


Envolvidos em ação do Ministério Público Federal se pronunciam

A ação, que conta com mais de 1,2 mil páginas, foi construída com base em cerca de 20 mil ligações telefônicas e não levará os réus a responder criminalmente pelos fatos. O MPF pediu a perda do cargo e função pública dos nove nomes citados, a suspensão dos direitos políticos de oito a 10 anos, pagamento de multa, a proibição de contratação pelo poder público e ressarcimento dos recursos possivelmente desviados.

A posição do Ministério Público Federal seguirá agora para a análise da juíza federal de Santa Maria Simone Barbisan Fortes, que tomará a decisão final.

Notícias Relacionadas

05/08/2009 | 17h53

Conheça os nove envolvidos na ação de improbidade movida pelo MPF

Entre os citados, estão figuras importantes da política gaúcha

05/08/2009 | 17h37

"Atitude do MPF beira a crueldade", afirma chefe da Casa Civil

José Alberto Wenzel garantiu que o governo irá solicitar a quebra dos sigilos ao órgão

05/08/2009 | 17h06

Entenda a ação civil ajuizada contra a governadora Yeda Crusius e políticos gaúchos

Ação civil de improbidade administrativa corre na na 3ª Vara da Justiça Federal de Santa Maria

05/08/2009 | 16h49

Após ação do MPF contra Yeda, manifestantes protestam em frente ao Palácio Piratini

Munidos de bandeiras, o grupo, que bloqueou parte da via, pedia a saída da governadora do governo estadual

05/08/2009 | 16h29

"Não haverá moleza para esses réus", diz procurador do MPF

Ação foi elaborada com base em cerca de 20 mil ligações telefônicas

05/08/2009 | 16h08

MPF confirma pedido de afastamento do cargo da governadora Yeda

Órgão denunciou nove nomes por improbidade administrativa

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.