Versão mobile

Conheça os truques de quem tem medo de viajar de avião, mas encara o desafio

Não embarcar com fome é um dos segredos ensinado por especialista

16/11/2010 | 12h30
A aerodromofobia (medo de viagens aéreas) pode até fazer algumas pessoas perderem grandes oportunidades tanto de trabalho como de lazer. Seja qual for a origem do medo, é possível conseguir relaxar durante o voo, garante Yechiel Moises Chencinski, médico pediatra e professor do Curso de Especialização em Homeopatia com ênfase em Saúde Pública e Estratégias de Saúde Para a Família, da Prefeitura de São Paulo.

— Na maioria das vezes, o hábito e a necessidade são importantes aliados para superar o medo de voar — explica o médico.

Para ele, quanto mais viagens aéreas a pessoa faz, mais aprende mecanismos para controlar a ansiedade e se manter mais tranquila dentro do avião.

— Mas se acostumar não significa, necessariamente, perder o medo — pondera.

— Hoje em dia, é possível não deixar que o medo e a ansiedade interfiram de forma negativa em nossa vida profissional ou social — garante.

Segundo Moises, o uso de medicamentos para conseguir relaxar e dormir durante o voo é uma ocorrência comum, muitas vezes até a pedido dos pais quando viajam com suas crianças. Mas ele alerta que essa indicação deve ser sempre feita por um médico, evitando-se, assim, a automedicação e seus possíveis efeitos colaterais indesejáveis.

— Opções homeopáticas, por exemplo, podem ser bastante eficazes e ajudar no controle da ansiedade. Mas mesmo essas terapêuticas ditas naturais devem sempre seguir uma prescrição médica — explica.

O especialista lembra que a presidente eleita Dilma Roussef afirmou, essa semana, que já sofreu com medo de avião e que faz uso de um medicamento mais leve para conseguir dormir durante as viagens, para não dificultar o seu despertar.

Para Moises, não importa qual a "estratégia" utilizada para relaxar, o importante é se sentir bem e superar essas emoções.

— Especialmente para quem viaja muito a trabalho, repousar durante os voos é fundamental — destaca.


Dicas para relaxar

Encarar e vencer o medo não é fácil, mas algumas dicas podem ajudar a ter viagens de avião mais tranquilas. Segundo o o especialista, concentrar a atenção em outras atividades pode ajudar a "esquecer" do voo.

— A meditação, a leitura, a música e até filmes, no caso de viagens mais longas, são boas alternativas — aponta.

Outra recomendação é não embarcar de estômago vazio e se alimentar durante a viagem.

— A fome é um importante catalisador da ansiedade, ou seja: barriga vazia pode aumentar a sensação de nervosismo de quem sente medo ao viajar — garante.

Se, apesar de tentar se conscientizar sobre o problema e buscar alternativas relaxantes, for impossível encarar uma viagem como esta com tranquilidade, o especialista faz um alerta.

— Se o quadro for mais intenso ou não se resolver através dessas medidas mais corriqueiras, é importante procurar apoio psicológico e orientação médica para o uso de remédios, se necessário — aconselha.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.