Versão mobile

PM chamada de "gostosa" disse que deteve homem para coibir esse tipo de situação

Na tarde de segunda-feira, na Praça Saldanha Marinho, homem de 41 anos desacatou as policiais

07/12/2010 | 16h10

Uma das policiais militares que detiveram um homem de 41 anos que as chamou de "gostosa" no centro de Santa Maria (RS), na tarde desta segunda-feira, falou com o Diário sobre a situação. Ela é soldado da Brigada Militar, tem 25 anos e preferiu não ser identificada. Confira, abaixo, uma entrevista com a PM.

Diário de Santa Maria — Você já havia recebido outras cantadas como essa durante o trabalho?

Soldado de 25 anos — Não. Essa foi a primeira situação. Eu e minha colega (uma soldado de 24 anos) pensamos: vamos detê-lo para que isso não se repita. Se conosco, que estávamos de farda, ele fez isso, imagina com quem não está de farda. A ideia é coibir isso.

Diário — Se o cidadão tivesse simplesmente dito coisas e não praticado outros gestos obscenos, ele seria detido também?

Soldado — Sim. Mas também fomos atrás dele pelo contexto da situação. Havíamos descido do micro-ônibus que nos traz até o Centro (para operação Papai Noel), e ele passou entre nós, virou-se e nos chamou de gostosa. Na mesma hora, tentamos abordá-lo, mas ele se negou dizendo que tinha de pegar um ônibus. Neste momento, demos voz de prisão por desacato e desobediência. Até para nossos colegas do sexo masculino ele não quis se identificar.

Diário — Por que optaste por ser PM?

Soldado — É um trabalho gratificante poder ajudar a comunidade de alguma maneira.

Diário — Esse tipo de situação pode tirar a vontade de seguir na guarnição?

Soldado — É claro que não.

Notícias Relacionadas

07/12/2010 | 10h11

Homem é detido depois de chamar PM de "gostosa" no centro de Santa Maria

Ação ocorreu na tarde de segunda-feira, na Praça Saldanha Marinho

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.