Versão mobile

Fogo na Antártica

Ministério da Defesa nega que base tenha sido destruída

Segundo relatos de pesquisadora, houve perda total na exposição

25/02/2012 | 15h44

Ministério da Defesa nega que a Estação Comandante Ferraz tenha sido destruída no incêndio da madrugada. De acordo com uma autoridade envolvida nas discussões, o fogo teria afetado apenas a casa de máquinas, que fica distante das estações científicas e dos alojamentos.

Mas o impacto do acidente na Antártica seria maior, segundo a pesquisadora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Yocie Yoneshigue Valentin. Yocie teria conseguido contato com a base e foi informada de que todos os pesquisadores resgatados estão a salvo.

– Soube que houve uma explosão enquanto todos estavam dormindo, o que dificultou o controle do incêndio. Mas não tenho nenhum detalhe a mais, pois não conseguimos contato telefônico com a equipe. Também estou esperando notícias, apesar de saber que todos os pesquisadores envolvidos estão bem – afirma Yocie.

O incêndio na Estação Comandante Ferraz teria começado às 2h da manhã (horário de Brasília) na casa de máquinas. Até as 15h30min, a Marinha não havia confirmado o número de mortos, apenas um ferido e dois desaparecidos.


VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.