Versão mobile

Crime em Viamão

Mulher baleada em sítio em Viamão tem alta do hospital

Caseiro da propriedade morreu durante o ataque, na manhã desta segunda-feira

30/07/2012 | 15h50

Baleada na manhã desta segunda-feira durante o ataque a um sítio em Viamão, uma mulher de 46 anos recebeu alta do Hospital Cardiológico de Viamão no início da tarde. Ela foi atingida com dois tiros — na axila esquerda e na região cervical. Conforme a assessoria de imprensa do hospital, as balas foram extraídas e um raio-X detectou que nenhuma lesão grave foi provocada pelos disparos.

Rejane é mulher de Jair da Cruz, conhecido como "Preto", proprietário do Sítio do Preto, na Vila São Tomé, onde ocorreu o ataque. O caseiro do lugar, Ritter Giovane D'Ávila Querubim, 28 anos, morreu baleado.

De acordo com o delegado Eibert Moreira, da 3ª Delegacia de Polícia de Viamão, os homens teriam entrado perguntando pelo dono do sítio, que também tem uma revendedora de automóveis da cidade e estava em viagem a Santa Catarina.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.