Versão mobile

Debate ZH

"Internação involuntária é a compaixão que a sociedade deve ter com seus filhos", diz Osmar Terra

Em debate transmitido ao vivo em Zero Hora, deputado discutiu tema com delegado Heliomar Franco, do Denarc

09/04/2013 - 16h58min

Em debate online promovido por Zero Hora, o deputado federal gaúcho Osmar Terra (PMDB), autor do projeto de internação involuntária de usuários de drogas, definiu o assunto que deverá ser votado nesta quarta-feira na Câmara:

— Internação involuntária é a compaixão que a sociedade deve ter com seus filhos, para resgatá-los para uma vida de abstinência e dignidade — disse.

Confira a íntegra do debate:



Mediado pelo jornalista Rodrigo Muzell, o debate também contou com o delegado Heliomar Franco, do Departamento Estadual de Investigação do Narcotráfico, que opinou sobre o tema:

— Os usuários de crack estão se multiplicando e vemos verdadeiros mortos-vivos circulando, pessoas que não têm autoconsciência. Precisamos tirar esses zumbis, que criam cracolândias por todo o Brasil, da rua. Se a gente não enfrentar esse problema, vamos ver os níveis de criminalidade explodirem.

Os benefícios da proposta foram ressaltados pelos participantes do debate. O deputado Osmar Terra argumenta que, com a internação involuntária, o usuário fica mais tempo em abstinência e tem mais chances de retomar sua vida com normalidade.

— A internação involuntária é uma das 33 medidas que a gente propõe com esse projeto de lei. É raro que aconteça por conta própria. As pessoas levam anos quando decidem se tratar. Estamos lidando com uma questão de saúde pública para que as pessoas possam se desintoxicar. O médico determina a internação e quanto mais cedo se fica em abstinência e se é tratado, menor é a chance de voltar ao vício — disse, para completar:

— No projeto de lei, está previsto que quem pede a internação involuntária é a família, para ter o filho de volta. Uma pessoa ter que vender seu corpo para conseguir pedra de crack não tem nada a ver com direitos humanos. É um drama terrível. São dois milhões de usuários de crack no Brasil. A demanda é brutal.

 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.