Versão mobile

Fogo

Incêndio atinge fábrica de pranchas de surfe em Porto Alegre

Segundo o Corpo de Bombeiros, cinco viaturas foram deslocadas para conter as chamas

18/11/2013 | 18h39
Incêndio atinge fábrica de pranchas de surfe em Porto Alegre  Pedro Jansen /Arquivo Pessoal
Foto: Pedro Jansen / Arquivo Pessoal
Um incêndio atingiu uma fábrica de pranchas de surfe desde as 18h desta segunda-feira, em Porto Alegre. O estabelecimento fica na esquina da Avenida Maryland com a Avenida Berlim, no bairro São Geraldo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, cinco viaturas foram deslocadas para conter as chamas. O fogo foi controlado por volta das 18h40min.



De acordo com os bombeiros, a fábrica trabalha com resina, tóxica, o que pode ter contribuído para o início das chamas. Segundo o tenente da Brigada Militar, Claudiomiro Soares, o fogo teria começado em uma estufa, mas se espalhou rapidamente pela quantidade de materiais inflamáveis. 70% da fábrica foi destruída, principalmente, a parte interna. Os outros 30% são da parte da frente da loja.

No momento do incêndio, havia três funcionários no local. Eles conseguiram fugir, mas um deles teria sido encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro devido à inalação de fumaça tóxica. 

O funcionário Jucemar Oliveira, 39 anos, que estava na fábrica, conta que ficou desesperado quando viu as chamas.

— Pegou fogo muito rápido. Quando vi, já tinha fogo no teto. Recolhemos o que deu e saímos correndo. Deu um desespero — disse.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.