Versão mobile

Reconhecimento

Prêmio RBS de Educação destacou iniciativas de SC e do RS que incentivam a leitura nas escolas

Nesta primeira edição, houve 2,7 mil inscritos dos dois Estados para participar do projeto

Atualizada em 02/12/2013 | 21h1602/12/2013 | 14h51
Prêmio RBS de Educação destacou iniciativas de SC e do RS que incentivam a leitura nas escolas Dani Conzi/Agência RBS
Torcidas de alunos lotaram as poltronas do Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, para incentivar as escolas finalistas do Prêmio RBS de Educação. Foto: Dani Conzi / Agência RBS

O público presente na cerimônia do Prêmio RBS de Educação, em Florianópolis, conheceu na tarde desta segunda-feira os vencedores nas categorias Projeto Comunitário, Escolas Particulares e Escolas Públicas, além dos vencedores pelo voto popular. A premiação foi realizada no Teatro Pedro Ivo, a partir das 16h.

Os atores Reynaldo Gianecchini e Suzana Pires entregaram os prêmios para os vencedores do Prêmio RBS de Educação. No ano que vem, a segunda edição do projeto será no Rio Grande do Sul.

Gianecchini: "Eu era da turma do fundão, mas com um olhar muito atento para reter as informações"

Autoridades em educação falam da importância em reconhecer as boas práticas

Confira os vencedores:

Júri Popular

:: Santa Catarina

Vencedora: Maria Elizabeth Souto de Oliveira, de Passos de Torres
Projeto: O mundo encantado da leitura

:: Rio Grande do Sul

Vencedora: Taise Soares de Oliveira, de Santiago
Projeto: Construindo novos saberes no mundo globalizado

Projeto Comunitário

:: Santa Catarina

Vencedora: Maria Elizabeth Souto de Oliveira, de Passos de Torres
Projeto: O mundo encatado da leitura

:: Rio Grande do Sul

Vencedora: Cristiane Fuzer, de Santa Maria
Projeto: Ateliê de Textos, Leitura e Produção como (P)artes da Educação

Escolas Particulares

:: Santa Catarina

Vencedora: Luciana Balbinott Paludo, de Chapecó
Projeto: De criança a professora, hoje gestora, sempre leitora

:: Rio Grande do Sul

Vencedora: Suzana Borges da Fonseca Bins, de Porto Alegre
Projeto: Nova Perspectiva para o ensino da literatura no ensino médio

Escolas Públicas

:: Santa Catarina

Vencedora: Carolina Kuhnen, de Florianópolis
Projeto: Hora de Ler

:: Rio Grande do Sul

Vencedora: Maria Alice Gouvêa Campesato
Projeto: Viagens Literárias

Saiba como foi a cerimônia:



Havia participantes de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Cada Estado possuía três finalistas para cada categoria e todos gravaram um vídeo comentando o projeto desenvolvido em suas cidades. A gravação foi apresentada nos primeiros blocos do evento.

Além das três categorias, também havia uma categoria de voto popular. A votação foi realizada pelo site do Prêmio, até as 17h.



 

Entenda a premiação

- Cada um dos 18 finalistas irá receber R$ 1,5 mil
- Cada um dos seis vencedores irá receber R$ 10 mil
- Vencedores pelo Júri Popular irão receber R$ 10 mil, cada
- As instituições em que atuam os educadores receberão R$ 6 mil, cada

O prêmio

O primeiro Prêmio RBS de Educação reconhece iniciativas de professores e educadores que trabalharam com a mediação de leitura. O concurso selecionou projetos que fizeram de maneira criativa e atraente uma ponte entre o leitor e o texto. O resultado são 18 trabalhos que de alguma maneira tornaram estudantes mais interessados e mais familiarizados pelo universo da leitura. 

Entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foram 936 trabalhos inscritos. Os 60 relatos melhores avaliados foram levados para uma segunda análise feita por uma comissão formada por 13 especialistas em educação, que selecionou os 18 finalistas — sendo nove em cada Estado. Mais do que reconhecer trabalhos, o que se pretende é fazer com que boas práticas sejam compartilhadas e replicadas em sala de aula.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.