Versão mobile

Muy esperto

Vendedor de picolé usa camisa da Argentina para atrair os gringos

Cleiriston Ricardo de Bairros trabalha na Praia Brava e ganhou camisa hermana neste janeiro

28/01/2014 | 17h02
Vendedor de picolé usa camisa da Argentina para atrair os gringos Erich Casagrande/Agência RBS
Vendedor ganhou camisa de argentinos e agora aproveita para chamar atenção dos hermanos Foto: Erich Casagrande / Agência RBS

Durante os dias de semana do mês de janeiro, o sotaque espanhol domina também a Praia Brava. Não é o mesmo estilo muvuca de Canasvieiras, mas argentinos, uruguaios e paraguaios são o alvo dos vendedores ambulantes e da atenção dos guarda-vidas.

Cleiriston Ricardo de Bairros não perdeu tempo e vestiu a camisa da seleção argentina de futebol para chamar mais atenção da clientela.

— Chama sim a atenção. Quando chego dizem que estavam esperando eu passar para comprar do meu carrinho — garante Cleiriston.

Segundo ele, as vendas aumentaram cerca de 20 % desde que passou a usar a camisa azul e branco dos hermanos. Ela foi um presente de um grupo de amigos argentinos no dia 10 de janeiro e agora virou estratégia de marketing.

— Eu tinha uma camisa do Grêmio ou usava uma da marca de picolés que trabalho. Certo dia me ofereceram uma camisa da argentina desde que eu a usasse para trabalhar. Ganhei e tem dado certo — conta Cleiriston que vende picolés há oito anos na Praia Brava.

Como a camisa é do craque argentino Lionel Messi, Cleiriston conta que quando ele ouve alguém gritando o nome do jogador, já se vira para atender. As brincadeiras até que não são tantas, mas os mais ligados no futebol não perdoam.

— Eles me perguntam quem é melhor, Messi ou Neymar. Mas meu negócio é vender picolé e isso dá certo.

Com turistas falando espanhol, um vendedor de picolé com camisa da argentina, e uma carrinho de choripan na praia. De Brasil, resta a beleza do lugar e o calor.


Foto: Erich Casagrande

Notícias Relacionadas

A volta do calor 27/01/2014 | 20h05

Onda de calor volta a Santa Catarina com temperaturas elevadas e muita umidade

A combinação provoca sensação de calor que pode chegar até os 53ºC

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.