Versão mobile

Em boa fase

Com resposta a provocação e clima descontraído, Caxias recupera forças para enfrentar o Passo Fundo

Com três novos desfalques, time grená volta a campo no domingo, às 16h, no Centenário

28/02/2014 | 07h01
Com resposta a provocação e clima descontraído, Caxias recupera forças para enfrentar o Passo Fundo Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Lucão comemorou vitória no clássico com bandeirão da torcida organizada Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Um ambiente descontraído, com uma pitadinha de provocação. Não poderia ser diferente. O resultado positivo no clássico Ca-Ju de quarta-feira aumentou a confiança grená para a reta final da primeira fase do Gauchão. Restando cinco jogos para o término da etapa de classificação, o Caxias é o segundo colocado do Grupo B com 14 pontos. Além disso, tem mais duas partidas em casa na sequência para encaminhar uma das oito vagas no mata-mata.

O bom desempenho no clássico passou pela entrega da equipe em campo. Além de ser efetivo no duelo quando as oportunidades apareceram, o Caxias soube marcar o Juventude. Não cedeu espaços e não cometeu os erros que chegaram a atrapalhar a campanha na primeira metade desta fase.

— O time já vinha jogando desse jeito. Temos uma equipe entrosada e agora, nesses dois jogos, completou com o resultado — diz o atacante Mailson.

Na retomada grená, outra situação chamou a atenção. O centroavante Lucão, um dos mais entusiasmados na comemoração após o apito final, voltou a cutucar o adversário. As provocações vieram como uma resposta ao volante Leandro Melo, do Juventude, que teria colocado em sua rede social frases que não agradaram o time grená. 

— O que ele falou trouxe um algo a mais para a nossa equipe. Pela forma como foi o jogo, é muito especial. O Ca-Ju é um campeonato a parte. Tem um gostinho especial. Só posso agradecer ao Juventude — diz o centroavante.

Para Lucão, o momento é de aproveitar a boa fase para encaminhar a classificação para as quartas de final. Para isso, muito trabalho. E foco em cada partida. Primeiro, o Passo Fundo. Depois, o São Paulo, ambos no Centenário.

— Aprendemos muito com os erros que a gente teve e estamos sabendo aproveitar as oportunidades que estão surgindo nos jogos — resume Lucão.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.