Versão mobile

[Alt-Text]

Acidente com duas mortes

"Ele ainda está em estado de choque", afirma mãe do motorista que sofreu grave acidente na SC-401

Cristian continua internado no hospital Governador Celso Ramos e pode ter sofrido lesão na coluna vertebral

Atualizada em 16/02/2014 | 22h4016/02/2014 | 14h11
"Ele ainda está em estado de choque", afirma mãe do motorista que sofreu grave acidente na SC-401  Guto Kuerten/Agência RBS
Com o choque, guardrail chegou a atravessar o veículo Foto: Guto Kuerten / Agência RBS

O marceneiro Cristian Gonçalves Mendes, continua internado no hospital Governador Celso Ramos. A mãe do rapaz, Margaretti Gonçalves Mendes conta que ainda faltam alguns exames, mas ele pode ter sofrido alguma lesão na coluna vertebral. Cristian dirigia o Celta que seguia na Avenida da Saudade (SC-401), no sentido Norte da Ilha-Centro, quando chocou, após uma curva, contra o guardrail na lateral direita da pista, embaixo do elevado do Itacorubi. Com o choque, a proteção metálica chegou a atravessar o veículo e as passageiras Mari Tatiane Ruffer de Oliveira, 32 anos, e Camila Barbosa, 17, morreram na hora.

Ela diz que o filho saiu com a namorada, Mari Tatiane Ruffer de Oliveira, de 32 anos, que trabalhava como frentista em um posto de gasolina, e com outro casal, Diogo Porto Camargo e Camila Barbosa Weiss. Eles teriam ido a uma festa, porém ela não soube informar o local. 

— Eles namoravam há um ano e quatro meses. Sempre saíam juntos. Cristian era muito tranquilo e trabalhador — afirma Margaretti, que trabalha como ambulante.

A mãe do rapaz afirma que não há previsão de alta.

— Ele ainda está em estado de choque, nem cheguei a ver ele ainda. Mas ele sabe da morte da Tati (namorada dele).   

O acidente ocorreu por volta de 7h20min deste sábado. O veículo seguia na Avenida da Saudade (SC-401), no sentido Norte da Ilha-Centro, quando se chocou, após uma curva, contra o guardrail na lateral direita da pista, embaixo do elevado do Itacorubi. Com o choque, a proteção metálica atravessou o Celta.


Estrutura metálica atravessou o veículo.
Foto: Guto Kuerten / Agência RBS

 
A Polícia Militar Rodoviária ainda não sabe afirmar a causa do acidente, mas tem duas suspeitas: excesso de velocidade ou que o condutor tenha dormido ao volante. Segundo os policiais, desde o início de janeiro, quatro pessoas morreram na SC-401.

Notícias Relacionadas

Acidente com duas mortes 15/02/2014 | 21h16

Carona de veículo que bateu contra guard rail na SC-401 deixa hospital com fratura no braço

Condutor do carro continua internado no hospital Governador Celso Ramos, na Capital

Batida frontal 15/02/2014 | 08h10

Duas pessoas morrem em acidente na SC-401, em Florianópolis

Acidente ocorreu por volta das 7h20min, embaixo do Elevado do Itacorubi

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.