Versão mobile

Reabilitação

No primeiro confronto diante de adversários do seu grupo, Caxias encara o Grêmio no Centenário

Picoli não definiu o time para a partida que inicia às 22h

19/02/2014 | 07h04
No primeiro confronto diante de adversários do seu grupo, Caxias encara o Grêmio no Centenário Gabriel Lain/Especial
Julio Madureira quer repetir vitória de 2009 Foto: Gabriel Lain / Especial
Respeitando o adversário, mas sem temer ninguém. É assim que o Caxias entrará em campo nesta noite às 22h, no Estádio Centenário, para encarar o Grêmio. Na dura sequência que tem no Gauchão, o time grená quer apresentar um desempenho bem diferente daquele que teve na derrota diante do Inter, no sábado passado.

As diferenças começam pela postura. Contra a equipe colorada, o Caxias sucumbiu diante da qualidade ofensiva do adversário, não conseguiu marcar como esperado e nem aproveitar os contra-ataques. Desta vez, projeta um adversário com marcação mais forte, mas que não irá sair desde o início para o ataque. Até mesmo pelo confronto ser na casa grená.

— Eles virão com um respeito maior. Não é um jogo mais fácil que o Inter, mas é uma partida melhor de jogar. E aqui em casa precisa ser diferente, não podemos ter medo de jogar — afirma o atacante Julio Madureira.

Quando se fala em imposição dentro de casa, o torcedor grená logo vai se lembrar de um confronto marcante contra o Grêmio. No Estadual de 2009, na sua maior goleada no duelo, o Caxias contou com uma dupla de ataque inspirada e venceu o misto reforçado da equipe tricolor, com Maxi Lopez e Herrera, por 4 a 0. Marcos Denner foi dois, Mika, hoje no Juventude, um e Madureira completou o placar.

— Claro que não precisa ser quatro, mas, naquela época a gente vivia uma fase difícil. É uma boa lembrança. O certo é que temos que pontuar amanhã (quarta-feira) — diz o atacante.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.