Versão mobile

Fim dos inferninhos?

Quatro boates do Centro de Porto Alegre são interditadas

Depois de quatro mortes em menos de dois meses nos arredores e dentro dos inferninhos, Smic fechou as casas noturnas

21/02/2014 | 14h27
As boates Casa Blanka, Metropolis, Adegas e Sobradinho foram interditadas, na manhã desta sexta, durante uma ação da Smic no Centro de Porto Alegre. As casas noturnas, todas localizadas na Rua Marechal Floriano, configuram a área conhecida na noite do Centro Histórico como os inferninhos.

Em menos de dois meses, quatro mortes foram registradas nos arredores ou dentro dessas casas. Desde o ano passado, a contagem chega a nove assassinatos. Na ação de sexta, o órgão municipal seguiu orientação da Brigada Militar, que solicitou o fechamento dos estabelecimentos em virtude da violência fora de controle.

De acordo com o secretário da Indústria e Comércio, Humberto Goulart, a intenção é que, após a interdição, as casas não voltem a abrir. Um processo será iniciado para determinar o encerramento das atividades, com cassação dos alvarás.

Um inquérito civil, aberto ano passado, também é mantido pelo Ministério Público para avaliar a situação dos inferninhos.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.