Versão mobile

Será?

Técnico Paulo Porto deixa o Pelotas e avisa: "Caxias viria em boa hora"

Campeão da Taça Piratini em 2012, treinador foi demitido antes da decisão estadual contra o Inter

20/02/2014 | 20h15
Técnico Paulo Porto deixa o Pelotas e avisa: "Caxias viria em boa hora" Félix Zucco/Agencia RBS
Paulo Porto disse que tem interesse de voltar ao Caxias Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

O Caxias pode contar com uma significativa coincidência para anunciar o novo técnico. De saída do Pelotas, que faz má campanha no Gauchão, Paulo Porto surgiu como o mais viável substituto de Picoli, que pediu demissão após a derrota de 3 a 2 para o Grêmio. A direção ainda não anunciou ninguém, mas Porto mandou avisar: 

— Ainda não fui procurado, mas o Caxias viria em boa hora, já que saí do Pelotas.

Paulo Porto, 62 anos, conduziu o Caxias ao título da Taça Piratini de 2012 comandando, por exemplo, o zagueiro Jean e o volante Alisson. Campeão do primeiro turno, o time caiu de produção no segundo, mas tinha vaga garantida na decisão gaúcha. Porém, a direção capitaneada pelo então presidente Osvaldo Voges e pelo diretor Marcus Vinícius Caberlon decidiu demitir o treinador antes das finais. Sem clube, Paulo Porto levou o prêmio de melhor técnico do campeonato e viu seu substituto Mauro Ovelha perder para o Inter.

Para reparar a injustiça, o destino aproximou Paulo Porto e Caxias de novo. Com apenas uma vitória em nove jogos no atual Gauchão, colocou o cargo à disposição no Pelotas mesmo tendo sido campeão da Copa Sul-Fronteira, da Supercopa estadual e da Recopa Gaúcha nos últimos meses. A notícia chegou na Serra e ele entrou na lista grená, que ainda tem Hélio dos Anjos, Mabília (sub-20 do Grêmio) e Clemer (sub-23 do Inter).

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.