Versão mobile

Na espera

Após cinco meses da demissão, Inter ainda não quitou dívida de R$ 1 milhão com Dunga

Direitos de imagem do ex-técnico colorado ainda estão pendentes

11/03/2014 | 08h03
Após cinco meses da demissão, Inter ainda não quitou dívida de R$ 1 milhão com Dunga Tadeu Vilani/Agencia RBS
Presidente Giovanni Luigi não se manifestou sobre o débito com Dunga Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Cinco meses após a demissão de Dunga, o vínculo entre o ex-técnico e o clube ainda não chegou ao fim. Está faltando para o capitão do Tetra receber pouco mais de R$ 1 milhão. Segundo pessoas ligadas ao técnico, o valor é referente aos direitos de imagem. O preparador físico Paulo Paixão, demitido no mesmo dia – 4 de outubro –, ao contrário de Dunga, está com a bolada quitada.

O ex-treinador foi informado de que receberia o restante após a venda de Leandro Damião. Os dias seguintes a 16 de dezembro vieram, e nada aconteceu. O segundo prazo dado pela direção colorada era o último dia 5. De novo, nada.

Dunga já assinou a sua rescisão. Aguarda, porém, a quitação da dívida. O técnico ficou no comando por dez meses (53 jogos, 26 vitórias, 18 empates e nove derrotas).

A direção do Inter foi procurada pela reportagem e esquivou-se. O presidente Giovanni Luigi não atendeu nem retornou as ligações. Já o vice de administração José Amarante disse acreditar que essa dívida não existe e garantiu averiguar. Depois, porém, não atendeu mais o celular.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.