Versão mobile

Avante

Caxias vence Novo Hamburgo por 2 a 1, de virada, e irá encarar o Veranópolis nas quartas de final

Técnico Beto Campos chega a seis vitórias em sete jogos no comando da equipe grená

16/03/2014 | 17h51
Caxias vence Novo Hamburgo por 2 a 1, de virada, e irá encarar o Veranópolis nas quartas de final Gabriel Lain/ Especial/
Foto: Gabriel Lain/ Especial
Em um duelo movimentado e intenso no Estádio Centenário, o técnico Beto Campos manteve a invencibilidade no comando do Caxias e chegou à incrível marca de seis vitórias em sete jogos. A equipe grená bateu o Novo Hamburgo por 2 a 1, de virada, e confirmou a segunda colocação no Grupo B do Gauchão. Nas quartas de final, haverá duelo serrano contra o Veranópolis de Julinho Camargo, em confronto único em Caxias do Sul. Edmilson e Wallacer marcaram para os donos da casa, enquanto Douglas fez para os visitantes.

>> Veja como foi o minuto a minuto da partida

Embora já classificado, o Novo Hamburgo precisava confirmar a terceira colocação e surpreendeu se lançando ao ataque. A primeira chegada com perigo ocorreu logo aos três minutos. Em chute cruzado da direita, Douglas espalmou e Léo afastou da área antes que o atacante Douglas marcasse. Tomando a iniciativa, o time anilado pressionou até os 15 minutos. A partir daí, os comandados do invicto Beto Campos começaram a recuperar terreno e protagonizaram as melhores jogadas do duelo.



Aos 19 minutos, Julio Madureira foi empurrado por Fred dentro da área, mas o árbitro Anderson Daronco nada marcou. Aos 21, o Noia assustou em um cruzamento venenoso de Paulinho que tomou a direção do gol e obrigou Douglas a se esticar para salvar com um tapa. Aos 23, Thiago Santana meteu de calcanhar para Kaoê na esquerda, que chutou para defesa de Max. Na sequência, Douglas operou grande defesa em conclusão de Lucas Santos, que se infiltrou pelo flanco direito da defesa com liberdade para marcar.

Aos 24, a torcida grená não vibrou em dose dupla por detalhe. A torcida se assanhou na arquibancada ao saber que o Aimoré fazia 1 a 0 no Juventude quando Wallacer cobrou falta frontal e o cabeceio de Tiago passou beliscando a trave. Três minutos mais tarde, Wallacer cruzou rasteiro da direita buscando Madureira e a zaga quase colocou contra. Antes do intervalo, os grenás ainda levaram perigo em chute potente de Rafael Carioca aos 42, que passou ao lado do gol. Se o primeiro tempo foi movimentado, o segundo foi marcado pela bola na rede.

As equipes voltaram do intervalo em ritmo mais lento, o que não significou que houve menos ação. Aos 15 minutos, o Noia abriu o placar. Paulinho cobrou escanteio, Thiago Santana cortou de cabeça e a bola sobrou no pé de Douglas. O chute saiu fraco e rasteiro, mas desviou no pé de Alisson Gaúcho e a bola entrou bem no cantinho. Sem tempo para lamentar, o Caxias empatou no lance seguinte. Wallacer cobrou escanteio pela direita, Alisson Gaúcho deu um toque fraco no meio da área, a bola subiu e encontrou a cabeça de Edmilson, que desviou para o fundo da rede.

Aos 24, Alisson Gaúcho teve papel decisivo mais uma vez. O lançamento primoroso atravessou o campo defensivo em diagonal e encontrou Wallacer no bico direito da área ofensiva. O meia dominou em velocidade, deixou o marcado para trás e tocou rasteiro para marcar o seu sexto gol no Gauchão. O artilheiro grená no ano. Antes do final, o Novo Hamburgo ainda colocou uma bola na trave, mas nada que impedisse o torcedor grená de aplaudir o clube, que não sabe o que é perder há sete partidas.

Em duelo realizado no Bento Freitas, em Pelotas, o Brasil venceu o Veranópolis por 1 a 0 e garantiu o título do Interior.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.