Versão mobile

Participação

População pede mais fiscalização nas contribuições para o edital do transporte público

Ao todo, 241 sugestões foram encaminhadas por meio de um endereço de e-mail

18/03/2014 | 17h34

Terminou ontem o período para a participação popular no edital de licitação do transporte coletivo por ônibus promovido pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Ao todo, 241 sugestões foram encaminhadas por meio de um endereço de e-mail que estava disponível para toda a população. Sete deles não foram aproveitados, segundo o Diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, por serem alheios ao tema.

Instituições como a União Estadual dos Estudantes (UEE), do sindicato Força Sindical, direção de escolas, entre outros, também contribuíram para o debate.

O maior volume das mensagens foi sobre as questões mais controversas como a fiscalização por GPS, ar-condicionado e aumento da frota de ônibus, embora pedidos de extensão de linhas, precisão no cumprimento de tabela horária e fiscalização dos assentos destinados aos idosos tenham se destacado.

Agora, os e-mails, diz Cappellari, estão sendo reunidos por assuntos para facilitar o trabalho da comissão que estuda o projeto. A análise do material encerra na quinta-feira e, no dia seguinte, será entregue à comissão de licitação.

Conforme a EPTC, o edital será publicado em 31 de março.

 

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.