Versão mobile

Pós-acidente

Prefeitura de Arroio do Silva e organizadores da Arrancada de Caminhões lamentam a morte de piloto

Edson Beber, 46 anos, perdeu o controle do veículo durante uma das provas

16/03/2014 | 19h01
Após o acidente que resultou na morte de um dos competidores, na tarde deste domingo, a organização da Arrancada Internacional de Caminhões cancelou o evento e decidiu devolver os valores pagos pela inscrição aos pilotos que disputariam as provas não realizadas.

Esta era a 24ª edição do evento, realizada anualmente em Balneário Arroio do Silva, litoral sul de Santa Catarina. 

Campeão por oito vezes da prova, o piloto Edson Beber, 46 anos, perdeu o controle do caminhão que dirigia durante a final da categoria Protótipo. O veículo tombou e ele morreu no local.

Em nota divulgada no fim da tarde, a prefeitura em conjunto com a empresa organizadora e a Federação Automobilística do Estado de SC (FAUESC) lamentaram o acidente e comunicaram o encerramento antecipado da competição. "A decisão foi tomada em respeito a toda categoria de competidores, ao público e principalmente à família do piloto envolvido", diz. 

Também ficou decidido que a premiação das provas concluídas "será devidamente paga".

A Arrancada de Arroio do Silva, realizada na beira-mar, é uma das mais tradicionais da categoria e costuma reunir caminhoneiros de todo o país. A competição havia começado na sexta-feira passada e neste domingo seria o último dia de provas. O evento ocorre anualmente, sempre 15 dias após o carnaval. 
 
Assista ao vídeo do momento em que o piloto perde o controle do caminhão


Notícias Relacionadas

Manobra fatal 16/03/2014 | 17h28

Piloto morre durante prova da Arrancada de Caminhões no litoral Sul de SC

Edson Beber, 46 anos, disputava a final de uma das provas quando perdeu o controle do caminhão que dirigia

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.