Versão mobile

Segurança garantida

Presidente do WhatsApp garante: as configurações de privacidade do aplicativo continuarão iguais

Apesar da venda do app para o Facebook, os dados dos usuários permanecerão seguros

18/03/2014 | 14h15
Presidente do WhatsApp garante: as configurações de privacidade do aplicativo continuarão iguais Justin Sullivan/AFP
Foto: Justin Sullivan / AFP

Mesmo depois da venda para o Facebook, há um mês, os dados dos usuários do sistema de mensagens instantâneas devem permanecer inexplorados pela companhia.

Jan Koum, o presidente-executivo da empresa, foi claro ao afirmar que não quer saber data de aniversário, e-mail ou endereço dos usuários.

- Nós não temos planos de mudar isso. Se a parceria com o Facebook significasse que nós tivéssemos de mudar nossos valores, nós não a teríamos feito -  disse em um comunicado na segunda-feira.

 

Notícias Relacionadas

Geek me 17/03/2014 | 17h58

"Estou preocupado com o resto de nossas vidas", diz ex-editor da revista Wired

O jornalista palestrou sobre tecnologia e humanidade neste fim de semana em Porto Alegre

Custou caro 20/02/2014 | 12h22

Criador do Whatsapp tentou emprego no Facebook em 2009 e foi rejeitado

Brian Acton vendeu o aplicativo para Mark Zuckerberg nesta quarta em um negócio de US$ 19 bilhões

Negócio bilionário 19/02/2014 | 19h38

Facebook anuncia compra do WhatsApp por US$ 16 bilhões

Negócio foi divulgado na noite desta quarta-feira em um blog da rede social de Mark Zuckerberg

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.