Versão mobile

Desbravando

UFC planeja primeiro evento na Índia para o dia 22 de novembro, em Mumbai

Maior organização de MMA do mundo mira estreia no país asiático para o fim de 2014

07/03/2014 | 16h07
UFC planeja primeiro evento na Índia para o dia 22 de novembro, em Mumbai Germano Rorato/Agencia RBS
Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

A ideia de expandir o MMA pelo mundo a fim de transformar o esporte em algo global segue forte na mentalidade do Ultimate. Depois de agendar eventos em países como Inglaterra, Irlanda, China, Suécia e Alemanha, o evento já mira seu próximo passo na Ásia. Fontes próximos à organização revelaram que o UFC planeja realizar sua primeira edição na Índia ainda em 2014. A franquia pretende desembarcar na capital do país, Mumbai, no dia 22 de novembro, em arena ainda a ser definida.

O show será um marco na história do UFC, já que a Índia é o segundo país mais populoso do mundo e um evento lá promete atingir milhões de pessoas, atingindo o ideal de expansão da marca pelo mundo. Além disso, o indiano é um dos maiores mercados em potencial para a franquia no mundo. Só Mumbai, que é a cidade mais populosa da Índia, conta com mais de 12 milhões de habitantes.

A organização ainda tem planos de fazer outro evento no mesmo dia. Também em 22 de novembro, o Ultimate planeja promover um Fight Night EMEA, show a ser organizado na Europa, Oriente Médio ou África. Embora seja raro, não será a primeira vez que isso acontecerá em 2014, já que, até agora, o UFC já anunciou que a outra data em que promoverá dois eventos será o dia 31 de maio, onde a luta entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen - a ser realizada no Brasil - dividirá as atenções do público com o retorno da franquia à Alemanha.

Um fato curioso é que o evento chegou a anunciar uma edição do The Ultimate Fighter na Índia para 2013, mas o reality show ainda não saiu do papel. Talvez com a chegada do show ao país o programa vire uma realidade.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.