Versão mobile

Fantasia coletiva

3ª Odisseia de Literatura Fantástica começa nesta sexta em Porto Alegre

As atividades ocorrerão até domingo no Memorial do Rio Grande do Sul

10/04/2014 | 15h24
3ª Odisseia de Literatura Fantástica começa nesta sexta em Porto Alegre Léo Cardoso/Agencia RBS
Christopher Kastensmidt, Cesar Alcázar e Duda Falcão são os organizadores da Odisseia Foto: Léo Cardoso / Agencia RBS

Um mundo ainda desconhecido por muitos leitores poderá ser visitado no fim de semana. Quem for até o Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega, poderá embarcar na 3ª Odisseia de Literatura Fantástica, que promove de sexta (11/4) a domingo (13/4), encontros com escritores dos gêneros de horror, ficção científica e fantasia, além de apresentar editoras menos conhecidas do grande público.

A iniciativa é organizada pelos autores Duda Falcão, Cesar Alcázar e Christopher Kastensmidt, amigos que vêm se dedicando a fazer a Odisseia crescer a cada edição.

– Neste ano, é a primeira vez que temos três dias de evento, um a mais do que nos anteriores, o que deve trazer um público maior do que o das edições passadas – espera Falcão.

A abertura oficial hoje fica por conta do escritor Tabajara Ruas, que falará sobre a vida e a obra de uma de suas grandes inspirações, o escritor de horror norte-americano H. P. Lovecraft (1890 – 1937) – confira horários ao lado.

– Temos bate-papo e abertura sobre Lovecraft. É quase um homenageado não oficial – avalia Kastensmidt.

Outro destaque do evento é o gaúcho Max Mallmann. Radicado no Rio desde 1999, faz parte da equipe de roteiristas do seriado A Grande Família, da TV Globo, há nove anos. Além de autografar seu sexto romance, As Mil Mortes de César (Rocco), Malmann participará de mesa sobre ficção científica e adaptações cinematográficas.

– Desde o ano passado, pretendia lançar a obra na Odisseia, por ser um evento que admiro. Será a primeira apresentação da obra, que está ainda chegando às livrarias – conta o escritor.

A programação terá lançamentos e mesas com mais de 60 escritores do Rio Grande do Sul e de outros 12 Estados, assim como bancas de duas dezenas de editoras especializadas, como Draco, Devir e Argonautas. Entre os autores, figuram nomes ainda pouco conhecidos do público mais amplo, como Felipe Castilho, Gerson Lodi-Ribeiro, Georgette Silen, Flávia Côrtes e Ana Lúcia Merege. Todos estarão no evento bancando suas próprias despesas – a Odisseia recebe apenas apoio do Estado, que cede o espaço, e da Associação Gaúcha de Escritores (Ages), que entra como patrocinadora.

– Todo grande evento, no início, é sempre um trabalho de amor de alguns – considera Alcázar.

Foi a partir de visitas do grupo a encontros como Jedicon e Fantasticon, em São Paulo, que surgiu a ideia de fazer uma convenção semelhante por aqui. No entanto, Kastensmidt aponta um importante diferencial da Odisseia em relação a outras convenções:

– Há um problema em nossa comunidade: os leitores envelhecem, é preciso trazer sangue novo. Isso é algo que tentamos fazer: apresentar o gênero para crianças, formar público leitor.

Como parte desta ação, a Odisseia irá levar ao Memorial mais de 700 alunos de escolas públicas para encontros com autores durante o primeiro dia do evento.

Três dias fantásticos

Confira os destaques da programação do evento, no Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega. A entrada é franca:

SEXTA

> Das 10h às 16h – No térreo e no auditório, encontros abertos ao público e para alunos de escolas públicas que conversam com autores sobre livros previamente trabalhados em sala de aula

> Às 19h – Palestra de abertura "A Vida e a Obra de H. P. Lovecraft", com o escritor Tabajara Ruas

SÁBADO

> 14h30min – Bate-papo "Os Desafios da Literatura Infantojuvenil", com Nikelen Witter, Ana Lúcia Merege e Simone Saueressig

> 15h30min – Bate-papo "Tradução de Literatura Fantástica", com Ana Cristina Rodrigues, Petê Rissatti e Gabriel Brum

> 16h30min – Bate-papo "Oxigênio – Do Roteiro à Realização da Série de Temática Fantástica do Rio Grande do Sul", com Pedro Zimmermann e Jerri Dias

> 17h30min – Show do grupo Bando Celta, com os músicos Renato Velho, Tales Melate, Caio Haag, Leonardo Bueno e Jonatã Edinger

DOMINGO 

> 14h30min – Bate-papo com foco nas editoras Estronho, Fantas e Página 42, com M.D. Amado, Cesar Alcázar e Roman Schossig

> 15h30min – Bate-papo "Lovecraft e os Mitos de Cthulhu", com Duda Falcão, Guilherme da Silva Braga, Gustavo Melo Czekster e José Francisco Botelho

> 16h30min – Bate-papo "Ficção Científica: Literatura X Adaptações Cinematográficas", com Max Mallmann, Geraldo Rodolfo Hoffmann e Gilson Luis da Cunha. Depois, sessão de autógrafos de As Mil Mortes de César, com o autor Max Malmann

> 17h30min – Show do grupo Bando Celta, com os músicos Renato Velho, Tales Melate, Caio Haag, Leonardo Bueno e Jonatã Edinger

A programação completa de bate-papos e horários de sessões de autógrafos está disponível em odisseialitfan.wordpress.com

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.