Versão mobile

Teatro

Espetáculos "Feliz por Nada" e "Eu Confesso!" estão em cartaz em Florianópolis

Final de semana será movimentado com estreia de novo monólogo do grupo catarinense Armação. "Eu Confesso!" traz ninguém menos que Deus como protagonista

04/04/2014 | 09h46
Espetáculos "Feliz por Nada" e  "Eu Confesso!" estão em cartaz em Florianópolis Renato Gama/Divulgação
Édio Nunes interpreta Deus no espetáculo "Eu Confesso!" Foto: Renato Gama / Divulgação

O fim de semana será de celebração das artes cênicas em Florianópolis com a apresentação de mais um espetáculo catarinense, Eu Confesso!. Escrito e dirigido por Antônio Cunha, o monólogo é interpretado pelo veterano Édio Nunes, na Casa do Teatro Armação, no Centro. Já no Teatro Ademir Rosa, no CIC, um elenco de estrelas formado por Cristiana Oliveira e Luísa Thiré apresenta a comédia romântica Feliz por Nada, inspirada no best seller da escritora Martha Medeiros com direção de Ernesto Piccolo.

Feliz por Nada estreou em outubro passado no Rio de Janeiro, onde ficou em cartaz por cinco meses. Florianópolis é a primeira cidade do Sul do Brasil a receber a turnê — não à toa, já que as protagonistas têm relação estreita com a cidade: Cristiana por já ter morado aqui e Luísa por ter dado aulas de teatro durante anos na Capital.

:: Assista ao clipe de Feliz por Nada


A peça é uma adaptação de quatro contos do livro homônimo de Martha Medeiros feita por Regiana Antonini.

— O tema é a amizade, que é um desdobramento do amor, não é? Amizade é para a vida toda. Há aquelas que se faz na escola e as que se constroem ao longo da vida. Ela toca muito as pessoas por causa disso — afirma Luísa Thiré.

Na trama, Juliana (Luiza Thiré) e Laura (Cristiana Oliveira) se conhecem aos 40 anos e passam a ser inseparáveis. A amizade será posta à prova por causa de um homem, Joca (Felipe Cunha), marido de Laura.

— As duas personagens se encontram e uma vê na outra os espaços que estão vazios — acrescenta Luísa.

Segundo ela, a dificuldade está justamente na simplicidade e na abordagem corriqueira das questões do cotidiano, tão comuns na obra de Martha.

— Você tem que trabalhar com verdade o tempo todo. A gente se expõe verdadeiramente. Às vezes dar cambalhotas no palco é mais fácil.

Feliz por Nada será apresentado hoje e amanhã. Antes da peça, Luísa — que é a atriz, diretora e preparadora de elenco — ministra oficina de interpretação na cidade.

Confissões sobre criar

Eu Confesso!, novo espetáculo do Grupo Armação, traz ninguém menos do que Deus como protagonista. Interpretado pro Édio Nunes, o monólogo é um relato em tom de confissão sobre o processo da criação. O texto foi escrito por Antônio Cunha especialmente para o ator como presente pelos seus 50 anos de carreira, comemorados no ano passado. O projeto foi um dos contemplados no Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura 2013.

No roteiro proposto pelo autor, o senhor da criação do universo revela ter perdido o controle de sua obra. Nesse processo teve sucessos com simples ideias, mas relata acidentes de percursos provocados pelo acaso.

Para o autor Antônio Cunha, não há a intenção de afirmar ou negar a existência de um ser criador. No texto, ele usa e abusa do sarcasmo e faz provocações que despertam no público novas formas de reflexões. A peça será apresentada de sexta a domingo nos três primeiros finais de semana de abril.

:: Agende-se

O quê: espetáculo Feliz por nada
Quando
: hoje, às 21h
Onde: Teatro Ademir Rosa, no CIC (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: R$ 50 / R$ 25 (estudantes, idosos, professores e sócios do Clube do Assinante). Ingressos à venda na bilheteria dos teatros Ademir Rosa, Álvaro de Carvalho e Pedro Ivo. Onlie pelo www.blueticket.com.br
Informações: (48) 3664-2628

O quê: curso de interpretação com Luísa Thiré
Quando: hoje, das 13h30min às 18h
Onde: sala Arvoredo do Hotel Valerim Plaza (Rua Felipe Schmidt, 705, Centro, Florianópolis)
Quanto: R$ 600, pelo www.blueticket.com.br
Informações: esfera.workshopsc@gmail.com e (48) 8426-5235

O quê: monólogo Eu Confesso!
Quando:
hoje e amanhã e nos dias 11 a 13 e 18 a 20, às 20h
Onde: Casa do Teatro Armação (Praça XV de Novembro, 344, Centro, Florianópolis)
Quanto: R$ 20 / R$ 10 (meia)
Informações: (48) 9923-4805

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.