Versão mobile

Crime macabro na Capital

Polícia divulga imagens do suspeito de esquartejamento em Porto Alegre

Câmeras de vigilância podem levar a identificação do suspeito de matar o panfleteiro Valdinei Matias, 25 anos, encontrado em um contêiner no Centro, na segunda-feira

03/04/2014 | 16h25
Polícia divulga imagens do suspeito de esquartejamento em Porto Alegre Reprodução/Polícia Civil
Imagens de câmeras de vigilância mostram o suspeito levando o que seria os membros da vítima Foto: Reprodução / Polícia Civil

O Diário Gaúcho teve acesso, em primeira mão, a imagens de câmeras de segurança que podem apontar o suspeito de desovar o corpo esquartejado do panfleteiro Valdinei Matias, 25 anos, em um contêiner no Centro da Capital.

Os vídeos, divulgados pela polícia, foram captados por câmeras de estabelecimentos comerciais da Avenida Alberto Bins, onde o corpo, divido em seis partes, foi encontrado por uma catadora que vasculhava o equipamento de lixo, no final da noite de segunda-feira.

- Esperamos que, a partir das imagens, a comunidade possa nos auxiliar com pistas para descobrir os autores do crime - declarou o titular da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Filipe Borges Bringhenti.

Suspeito vestia avental e luvas brancas

As imagens mostram um homem vestindo boné e avental brancos, semelhantes aos utilizados em frigoríficos. Ele também aparece usando luvas brancas, aparentemente do tipo cirúrgico. Também se vê um objeto pendurado por um cordão no pescoço do suspeito, que parece ser um crachá. A qualidade do vídeo, no entanto, não permite uma identificação.

Às 21h07 de segunda-feira, em uma sequência de quatro segundos, o homem passa pela câmera puxando um carrinho de supermercado, cheio de sacos plásticos pretos, nos quais, de acordo com os investigadores da 2ª DHPP, estariam as partes do corpo de Valdinei. Cinco minutos depois, às 21h12, o homem aparece voltando com o carinho vazio.

Por enquanto, a polícia não conseguiu identificar o suspeito nem confirmar se ele é o esquartejador ou apenas foi encarregado da desova do corpo.

A vítima

Natural de Passo Fundo, Valdinei Matias já havia morado em Alvorada. Atualmente, no entanto, estaria morando na Capital. Ele trabalhava entregando panfletos para uma boate que fica a uma quadra do local onde o corpo foi desovado.

Veja o momento em que o suspeito estaria levando as partes do corpo da vítima para as lixeiras:

Veja o suspeito com o carrinho vazio, minutos mais tarde:

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.