Versão mobile

Polícia

Homem roubou cinco lojas e foi reconhecido ao buscar a namorada no trabalho

O assaltante atacou as lojas no período de um mês

16/07/2014 | 18h36
Homem roubou cinco lojas e foi reconhecido ao buscar a namorada no trabalho Luiz Armando Vaz/Agencia RBS
Gilson foi reconhecido e preso Foto: Luiz Armando Vaz / Agencia RBS

Excesso de ousadia, confiança e um toque de romantismo derrubaram um assaltante que, há cerca de um mês, vinha assustando comerciantes da Avenida Osvaldo Aranha e arredores. Foragido do regime semiaberto, Gilson Silva dos Santos, 32 anos, é acusado de praticar pelo menos cinco assaltos a estabelecimentos comerciais da região. Mas, ontem à tarde, foi preso, enquanto circulava tranquilamente pela região onde cometia seus crimes.
Uma das razões para que ele não se afastasse da área, segundo a polícia, tem caráter sentimental. Uma possível namorada do ladrão trabalharia nas proximidades de um bazar que foi atacado pelo criminoso. Sem se intimidar, ele, diariamente, passaria na frente do local para busca a amada.
– Foi uma das vítimas quem o identificou nas redondezas e nos avisou – contou Carlos Giusti, chefe do cartório da
10ª DP.

Ladrão foi baleado


Ainda conforme a polícia, no momento da prisão, Gilson reagiu e acabou baleado em uma das pernas. Após ser atendido no HPS, o criminoso foi encaminhado à delegacia. Lá, donos de pelos menos dois estabelecimentos assaltados o reconheceram.
– Ele agia sempre sozinho e armado. Só nesta semana, roubou duas vezes o mesmo estabelecimento e levou R$ 4 mil – afirmou Carlos Giusti.
Até a tarde de ontem, a suposta namorada de Gilson não havia comparecido à delegacia. Mas, em compensação, pelo menos outras três mulheres se apresentaram, identificando-se como mulher do malandro.
– Uma delas está grávida. Uma quarta está ligando direto pra cá, e a tal que ele buscava no serviço ainda não se manifestou. Pelas contas, ele deve ter pelo menos umas cinco namoradas – contou Carlos.
Gilson tem antecedentes criminais por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de armas. Como preso do semiaberto, deveria estar usando tornozeleira eletrônica, mas, no momento da prisão, estava sem o equipamento.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.