Versão mobile

Todos os tons

Imóvel ganha identidade a partir do uso de cores na decoração

Mix colorido e gostos do proprietário à mostra imprimem personalidade a este apartamento pensado para um jovem solteiro que escolheu Florianópolis para viver

30/07/2014 | 08h01
Imóvel ganha identidade a partir do uso de cores na decoração André Moecke/André Moecke
O colorido da tela de Julian Gallasch segue a proposta da mistura de tons pincelada na decoração Foto: André Moecke / André Moecke

Ainda na planta foi realizada a compra deste imóvel, um apartamento padrão com dois quartos, no bairro Itacorubi, em Florianópolis. O cliente, um jovem que mora sozinho, desejava que a morada fosse o refúgio para ele colocar em prática os seus hobbies. Os anseios do dono foram atendidos pelo escritório Arte Urbana, que tem à frente os arquitetos André de Amorim, Antonio Couto Nunes e Rafael Linsmeyer.

São 52 metros quadrados de área fechada útil, além da sacada de 3,2 metros quadrados. Foi projetado todo o apartamento, mas o proprietário não executou o segundo dormitório ainda, que futuramente será um escritório.

Entre as preferências do proprietário, engenheiro ambiental, 30 anos, está a música (ele toca violão), o futebol, a bicicleta e a praia.

— Não à toa, o instrumento musical ganhou lugar de destaque na ambientação da sala — ressalta o arquiteto Antonio Couto Nunes.

Os livros dos artistas mais admirados também ficaram à mostra. O bar é uma atração à parte no projeto. O espaço fica próximo à mesa de jantar, que tem apenas quatro lugares propositalmente, já que a ideia é que os amigos, quando o visitarem em encontros informais, fiquem mais à vontade, até mesmo em pé, e a mesa seja utilizada como apoio, oferecendo maior comodidade.

Para quebrar a monotonia e imprimir mais personalidade ao projeto, a opção foi apostar em cores fortes e em móveis com design pop, a exemplo dos bancos e cadeiras da Ipsilon Design. Sobressai ainda no cenário do estar a pintura supercolorida do artista plástico Julian Gallasch.

O nicho que acomoda a TV não passa despercebido. O painel do mobiliário num tom amarelo forte contrasta com uma imagem de fundo que estampa uma cidade iluminada à noite.

— Foi trabalhado o conceito de fundo e figura, em que o fundo possui cores neutras, branco, preto e cinza, e a “figura” tem cores fortes como amarelo, vermelho e roxo. A ideia foi trabalhar principalmente com iluminação indireta e com iluminação de LED, especialmente para os momentos de festa — diz Couto Nunes.

No quarto são poucos os elementos. Nada de TV ou outros gadgets. Aparecem a mesma textura de concreto e alguns souvenires de viagem, outro hobby praticado por meio da empresa que o proprietário trabalha, viajando pelo mundo.


Na mesa de jantar a iluminação é mais concentrada. Assim, segundo os arquitetos, o cliente tem possibilidades em cada situação, se for um jantar mais romântico, pode abrir mão da iluminação mais intensa das sancas.
Foto: André Moecke, divulgação


O destaque é a praticidade do ambiente. O suporte da tv para a mesa de jantar ou para a sacada.
Foto: André Moecke, divulgação


Na decoração, livros e peças que têm a ver com os gostos pessoais do morador
Foto: André Moecke, divulgação


As cadeiras e banquetas da Ipsilon Design colaboram para a ideia de um apartamento masculino
Foto: André Moecke, divulgação


Por se tratar de um apartamento para um homem, as formas retas e as cores fortes são pontos-chave
Foto: André Moecke, divulgação


No quarto criou-se uma pequena prateleira sobre a cama para que o cliente possa acumular lembranças de viagem.
Foto: André Moecke, divulgação


OS PROFISSIONAIS
Arte Urbana Arquitetos
Arquitetos André de Amorim, Antonio Couto Nunes e Rafael Linsmeyer
(48) 3039-0695
arteurbana.arq.br

.arq.br

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.