Versão mobile

Convocações

Jovens jogadores conhecidos do futebol gaúcho devem ganhar chance na Seleção Brasileira de Dunga

Conhecimento do auxiliar técnico Andrey Lopes será fundamental nessa prospecção

26/07/2014 | 14h02
Jovens jogadores conhecidos do futebol gaúcho devem ganhar chance na Seleção Brasileira de Dunga Omar Freitas/Agencia RBS
O porto-alegrense Andrey Lopes foi chamado para completar o trabalho de Dunga Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

A renovação na Seleção Brasileira é inevitável após o revés dos 7 a 1 para a Alemanha na Copa do Mundo. Não será radical, até porque muitos atletas da equipe de Felipão vão ser chamados, mas os novatos serão convocados desde as primeiras listas do técnico Dunga. E o auxiliar porto-alegrense Andrey Lopes será fundamental nessa prospecção.

>> Novo auxiliar técnico da Seleção, Andrey Lopes tem a personalidade oposta à de Dunga

Cebola, como é conhecido no meio do futebol, trabalhou muitos anos nas categorias de base da dupla Gre-Nal e sabe detalhes de vários jogadores que surgiram ou se projetaram em Porto Alegre e que hoje se destacam em outros centros, como a Ucrânia.

— Tem jogadores que trabalharam comigo que estão lá, como o Douglas Costa (23 anos) e o Fernando (22), do Shakhtar. Vamos observar o mundo inteiro — diz o auxiliar.


Há uma certa vantagem de chamar os conhecidos, mas isso não quer dizer que estão à frente dos outros, como explica Andrey Lopes:

— Todos os jogadores têm as mesmas chances, independentemente se eu trabalhei ou não. Claro que por eu conhecer o comportamento de alguns, por ter trabalhado com eles, por saber da qualidade, ajuda um pouco.

Quem tem idade olímpica pode ter preferência, mas a visão real é mesmo na Rússia 2018. O goleiro Cássio, de Veranópolis, com base no Grêmio e hoje no Corinthians, além do atacante Luiz Adriano, do Shakhtar, e o volante Lucas Leiva, do Liverpool, todos com 27 anos, serão nomes estudados.

— Isso não implica que serão chamados só porque foram indicados pelo Andrey, vai depender do rendimento que eles vão ter daqui para a frente — alerta Dunga.

O caxiense Alex Telles (21), ex-Juventude e Grêmio e hoje no Galatasaray, é outro que está sendo observado.

— O Alex Telles tem idade olímpica, tem o perfil. Esse é o processo, ver esse tipo de jogador — admite Andrey Lopes, o braço direito e a cabeça da renovação da Seleção de Dunga.

Notícias Relacionadas

Braço direito 25/07/2014 | 23h19

Novo auxiliar técnico da Seleção, Andrey Lopes tem a personalidade oposta à de Dunga

Aos 40 anos, porto-alegrense Cebola é um cara brincalhão, sorridente e de bem com a vida

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.