Versão mobile

Restinga Seca

Juiz aposentado suspeito de matar a mulher a tiros é preso

Francisco Eclache Filho foi detido depois de se envolver em um acidente de trânsito

23/07/2014 | 17h50
Juiz aposentado suspeito de matar a mulher a tiros é preso Ivo Curcino/Tribuna de Restinga
Vítima foi morta dentro da casa onde morava Foto: Ivo Curcino / Tribuna de Restinga

Foi preso em Osório, na tarde desta quarta-feira, o juiz aposentado Francisco Eclache Filho, 65 anos. Ele é suspeito de ter matado a mulher, Madalena Dotto Nogara, 55 anos, com três tiros. O crime ocorreu na noite de terça-feira, por volta das 22h30min, em Restinga Seca.

Eclache Filho foi detido por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) depois que perdeu o controle da direção do veículo Vivace que dirigia e saiu da pista no quilômetro 74,6 da BR-101, após fazer um saque em um caixa eletrônico de um banco em Osório.

Segundo o delegado Gustavo Brentano, que ouviu o depoimento do juiz aposentado de Minas Gerais, ele contou que, quando saiu de carro de Restinga Seca, na manhã desta quarta-feira, só conhecia dois destinos aos quais poderia chegar de carro: Santa Maria e Porto Alegre. Eclache Filho contou ter decidido ir para Porto Alegre e, depois, para Minas Gerais, onde pretendia se entregar ao Tribunal de Justiça.

— Ele confessou ter matado a companheira, mas contou uma história estranha sobre como isso teria ocorrido. Disse que estava ensinando-a como se usava uma arma de fogo e, em determinado momento, ela teria pego a arma e apontado para ele. O primeiro disparo teria ocorrido acidentalmente. Ele confessou também ter atirado mais duas vezes contra ela. Quando perguntei o motivo do crime, ele alegou ausência de motivos — conta Brentano.

De acordo com a delegada Elizabete Shimomura, titular de Restinga Seca, o suspeito teria ligado para um conhecido na cidade por volta das 3h30min desta quarta-feira e dito que havia acontecido um acidente em sua casa e pedido que ele chamasse ajuda porque o corpo de sua mulher estava na residência.

Segundo a delegada, Madalena foi encontrada morta com tiros na cabeça, nas costas e no peito. Pelo menos mais dois disparos atingiram as paredes da casa.

A prisão foi decretada pela juíza Juliana Tronco Cardoso, da Vara Judicial da Comarca de Restinga Seca. Conforme a decisão da juíza, uma das testemunhas ouvidas disse que o suspeito ligou para ela, na madrugada, dizendo que teria feito uma besteira e que Madalena estaria morta. No telefonema, o juiz aposentado informou que a mãe da vítima, que é debilitada e não caminha, estava em casa e que o portão e a porta dos fundos da residência estavam destrancados.

Madalena e Eclache Filho teriam se conhecido há cerca de nove meses, pela internet. Eles estavam casados há poucos meses.

O sepultamento de Madalena, que é bastante conhecida em Restinga Seca, onde já havia sido secretária de Finanças e também de Indústria, Planejamento, Comércio e Turismo, está marcado para o fim da tarde desta quarta-feira, no Cemitério Municipal de Restinga Seca.

Notícias Relacionadas

Homicídio 23/07/2014 | 08h44

Mulher é morta a tiros pelo companheiro em Restinga Seca

O suspeito de ter efetuado os disparos fugiu e acabou se envolvendo em um acidente de carro próximo à cidade de Osório

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.