Versão mobile

Retorno de Felipão

O campeão voltou: confira os bastidores do retorno de Felipão ao Grêmio

Luiz Felipe Scolari acertou na terça o retorno para sua terceira passagem pelo Tricolor

30/07/2014 | 07h02
O campeão voltou: confira os bastidores do retorno de Felipão ao Grêmio Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Bastaram 24 horas de conversa para que Felipão acertasse a sua volta ao Grêmio. Desde os primeiros minutos da última segunda-feira, o presidente Fábio Koff já insistia por telefone para que o treinador aceitasse o convite para ocupar o cargo pela terceira vez. Missão cumprida com sucesso depois do encontro de terça-feira, em São Paulo.

Dezoito anos depois de deixar o clube, após o título de campeão brasileiro de 1996, Luiz Felipe Scolari aceitou ontem firmar contrato até dezembro de 2016 e será apresentado oficialmente hoje. Koff mexeu com os brios do técnico, invocando um desafio de repetir os feitos da década de 90, marcada pela supremacia do Grêmio sobre os rivais. O presidente falou da nova realidade financeira do clube e do projeto de fazer dos jogadores revelados nas categorias de base protagonistas no time principal.

- Ele nos perguntou quais eram nossas perspectivas. Estamos contratando o técnico que ele é hoje, que conhece o jeito histórico do Grêmio de jogar. Precisávamos de alguém que resgate essa história - exaltou o diretor-executivo Rui Costa.

Com ideias parecidas, chegou na hora de falar dos números. Para ele e seus dois auxiliares, a direção concordou com o valor de aproximadamente R$ 500 mil, uma parte custeada por um parceiro. Caso repita as conquistas de Gauchão, Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores, e até mesmo um Mundial de Clubes, prêmios turbinarão os rendimentos.

Além de Felipão, o Grêmio também irá incorporar os auxiliares Flávio Murtosa e Ivo Wortmann à comissão técnica do clube, que ainda contará com o auxiliar André Jardine, o preparador físico Fábio Mahseredjian e o preparador de goleiros Rogério Godoy. Hoje, às 11h, Felipão chega a Porto Alegre e segue à Arena para ser apresentado oficialmente. O Grêmio convocou a torcida para ir ao estádio, às 15h, para acompanhar de perto o primeiro contato do novo técnico com a nova casa e seus comandados. A estreia será no Beira-Rio, dia de 10 agosto, no clássico Gre-Nal.

Desde que voltou do Exterior, a trajetória do técnico tem altos e baixos. Com o Palmeiras, foi campeão da Copa do Brasil e, depois, deixou a equipe flertando com o rebaixamento. Na Seleção, conquistou a Copa do Brasil, mas levou 7 a 1 da Alemanha no Mundial. Para o torcedor gremista, porém, a única imagem que importa é a do treinador que comandou o time nas grandes conquistas dos anos 90. 

A terceira passagem
Luiz Felipe Scolari começa hoje a sua terceira passagem pelo Grêmio. A primeira foi em 1987. Durou 30 jogos e culminou com o título do Gauchão daquele ano. Depois, o treinador comandou o time nas gloriosas temporadas de 1994, 95 e 96.

Títulos:
Gauchão (1987,1995 e 1996), Copa do Brasil (1994), Brasileirão (1996), Libertadores (1995) e Recopa Sul-Americana (1996).

Retrospecto:
1987 - 30 jogos, com 16 vitórias, 10 empates e 4 derrotas. Aproveitamento de 64%.
1993-1996 - 222 jogos oficiais com 99 vitórias, 56 empates e 67 derrotas. Aproveitamento de 53%
Total - 252 jogos oficiais, com 115 vitórias, 66 empates e 71 derrotas. Aproveitamento de 54,4%

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.