Versão mobile

Opinião

Paulo Sant'Ana: Felipão pediu demissão; Dilma tenta a reeleição

17/07/2014 | 04h21
Para não dizerem que só se critica o governo federal, é preciso louvar em profundidade o programa Mais Médicos.

Antes do programa, havia inúmeros municípios brasileiros que não tinham médicos.
Agora, têm médicos cubanos em profusão.
E até por justas razões os médicos brasileiros nem queriam pisar nesses lugares.

Parabéns efusivos por essa iniciativa do governo Dilma.

Antes de o Brasil perder por 7 a 1 para a Alemanha, a presidente Dilma Rousseff deu uma declaração profundamente infeliz: "Meu governo toca no ritmo de Felipão".

Deu no que deu, e a presidente assim está servindo de chacota para importantes jornalistas, que escrevem "ser mesmo em ritmo descontrolado de Felipão que ela governa".

Só que o Felipão já pediu demissão. E Dilma tenta a reeleição.

Durante a Copa do Mundo, chegava a causar náuseas o número de comerciais de televisão e rádio que gravavam o Felipão. Encheu-se de dinheiro, e acho que até por isso nem tinha tempo para treinar a Seleção.

E agora, alguém quer gravar um comercial com o Felipão?

Você aí, que como eu transita em seu carro há 40 anos, sem necessitar de transporte coletivo, medite bem sobre este mambo brasileiro que fez sucesso em todo o país:

Só vendo como é que dói,

Trabalhar em Madureira,

Viajar na Cantareira

E morar em Niterói.

Ê Cantareira!

Ê Cantareira,

Vou aprender a nadar!

Ê Cantareira,

Ê Cantareira,

Eu não quero me afogar!

Já bebi tanta Coca-Cola em minha vida, oito por dia, que todo o dinheiro que gastei em 65 anos, se juntado, poderia me fazer hoje acionista da fabricante dessa bebida.

Quando bebia a Coca natural, fiquei gordo (cada garrafinha tem 80 gramas de açúcar), fiquei então diabético e pensei que ia largar a Coca. Que nada, eles, sabichões, inventaram a Coca diet. Dobrei então o consumo com essa prodigiosa invenção.

Que capital gastei nesse refrigerante, 65 anos, bebi quase um Guaíba de Coca nesta vida.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.