Versão mobile

Novidade no Brasil

VÍDEO: pioneiro do surfe no país, atleta radical pratica snowboard em montanha de Urubici, na Serra Catarinense

Fernando Moniz possivelmente é a primeira pessoa a surfar na neve em território brasileiro

Atualizada em 25/07/2014 | 21h5625/07/2014 | 20h01
VÍDEO: pioneiro do surfe no país, atleta radical pratica snowboard em montanha de Urubici, na Serra Catarinense Fernando Moniz/Arquivo Pessoal
Marreco, como é conhecido, tem 62 anos e surfou na neve nesta sexta-feira a 1,7 mil metros de altitude Foto: Fernando Moniz / Arquivo Pessoal
Que a Serra Catarinense é cheia de encantos e gratas surpresas todo mundo já sabe. Mas a novidade é que a região mais fria do Brasil passou a ser palco de um esporte até pouco tempo atrás inimaginável no país: o snowboard. Sim! Não só é possível como de fato acontece, como na manhã desta sexta-feira, quando um camarada pra lá de radical decidiu surfar na neve.

Fernando Moniz, o Marreco, de 62 anos, é carioca mas vive em Santa Catarina desde o início da década de 1970, quando trocou o Rio de Janeiro por Floripa. Há pouco mais de uma década resolveu morar em Urubici, de onde não pretende sair. Mudança brusca para um dos pioneiros do surfe no Brasil.

Mas Marreco encontrou um jeito — vários, aliás — de se sentir na praia sem sair da serra. Logo depois que chegou a Urubici, onde abriu um restaurante, ele inventou o surpreendente surfe no Rio Canoas, que passa bem atrás da sua casa.

Isso é possível quando o rio está cheio e ondulado, porque quando as águas estão calmas, Marreco pratica o stand-up, que é o ato de ficar em pé sobre a prancha e navegar à base do remo.

Também praticante de voo livre e corrida nas montanhas, Marreco um dia pôs na cabeça a ideia de ser a primeira pessoa a esquiar em território brasileiro. Em 2007, foi a Ushuaia, na Argentina, onde fez um curso de snowboard e comprou o equipamento. Depois disso, praticou o esporte em Portugal e na Espanha.



Até que, na manhã de 5 de agosto de 2010, durante uma das maiores nevascas acontecidas em Santa Catarina, ele finalmente conseguiu colocar o seu plano em prática. Subiu ao Morro da Igreja e surfou na enorme camada de neve que cobria a região. 

— Não sei de nenhum outro caso, então tenho tudo para realmente ser a primeira pessoa a praticar snowboard no Brasil, pois tenho todos os registros —, diz Marreco.

A atividade se repetiu nos invernos de 2011 e 2013, sempre no Morro da Igreja, mas com as novas regras de acesso restrito ao local, ele precisou mudar de estratégia para a neve que estava por vir na madrugada desta sexta-feira.

Pesquisou, planejou antecipadamente e encontrou o lugar certo: o Morro do Baú, a 1,7 mil metros de altitude, nas proximidades da localidade de Vacas Gordas, entre Urubici e São Joaquim.

Por volta das 5h30min desta sexta, pôs a prancha no carro e foi até o local. Chegando lá, a recompensa: neve. Pouco, mas o suficiente para Marreco escrever mais um capítulo nessa curiosa história. 

— Foi a minha primeira vez no Morro do Baú, e por ser mais inclinado, achei mais legal que no Morro da Igreja —, conclui Marreco, que não vê a hora de chegar a próxima neve para fazer o que antes parecia impossível e agora é mais fácil do que se imagina.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.