Versão mobile

As mudanças da dupla

115 dias depois, o que mudou na dupla após o Gre-Nal da final do Gauchão

Grêmio e Inter tiveram baixas e apresentaram caras novas desde a finalíssima do estadual

06/08/2014 | 07h04
115 dias depois, o que mudou na dupla após o Gre-Nal da final do Gauchão Jefferson Botega/Agencia RBS
O Inter levou a melhor do Gre-Nal 401 Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

Nesta semana, todos os caminhos levam ao Gre-Nal de domingo, às 16h, no Beira-Rio. Os donos da casa terão um dos palcos da Copa do Mundo para enfrentar o grande o rival. É do Inter a vantagem em vitórias neste ano. Duas para Abel Braga. A segunda, trouxe a conquista do Campeonato Gaúcho com um placar de 4 a 1. De lá para cá, passaram-se 115 dias. Jogadores foram vendidos, reforços chegaram. No Grêmio, o fluxo foi mais intenso, com as saídas de Wendell, vendido ao Bayer Leverkusen, e Kleber Gladiador para o Vasco, entre outras. Em contrapartida, o torcedor gremista comemorou a chegada de Fernandinho e Giuliano. Já no Inter, a baixa ficou por conta do atacante Caio. Mas chegaram Martín Luque, Wellington Silva e Wellington.
 
Os visitantes entram no clássico com o fator Felipão na casamata. É preciso também retribuir a vitória dos colorados na Arena, ainda mais que será o primeiro após a reforma do estádio adversário. Hoje, tanto Inter quanto Grêmio fecharão seus portões. Treinarão longe dos olhares de jornalistas e torcedores. Darão a pitada de mistério tradicional para os dias que antecedem a partida.

Luiz Felipe Scolari mandará a campo um time com três zagueiros, três volantes? Na terça-feira, Riveros sentiu dores musculares na coxa esquerda, as mesmas que o tiraram de alguns treinos da semana passada e é dúvida para o final de semana.

No lado colorado, as mudanças são bem menores. Abel Braga terá Charles Aránguiz de volta. O chileno, que lesionou-se na Copa do Mundo e voltou a sentir dor no joelho direito após uma pancada na partida contra o Flamengo, treinou com bola pela primeira vez na terça-feira e estará entre os titulares de domingo. Um time mais ofensivo teria o volante ao lado de Willians e a linha de três meias com Alex, D'Alessandro e Alan Patrick. Um mais contido, traria o chileno na vaga de Alan Patrick. Na zaga, Ernando deve assumir o lugar de Paulão, que cumpre suspensão.

O certo de tudo isso é que nada é definitivo. E no que depender da experiência - e malandragem de ambos os chefes dos vestiários -, as perguntas só serão respondidas pouco antes de o árbitro gaúcho Anderson Daronco, o escolhido para o duelo de número 402, apitar o início da partida.

Veja a seguir o que mudou 17 semanas depois do Gre-Nal da final do Gauchão:

Grêmio:

 
Grêmio no Gre-Nal 401
Foto: Mauro Vieira, Agencia RBS

Marcelo Grohe -
Apesar dos quatro gols no Gre-Nal, é um dos melhores do Grêmio na temporada.

Pará - É sempre nota 6. Segue um lateral regular. O que mudou foi o cabelo, agora com luzes.

Werley - Pediu a Enderson para não jogar mais pela esquerda. Acabou sem jogar também pela direita. Disputa com Bressan lugar no banco de reservas.

Rhodolfo - Depois do Gre-Nal, se lesionou e passou um mês em recuperação. Segue como o único titular incontestável da defesa.

Wendell - Está no Bayer Leverkusen, da Alemanha desde junho. Deixou uma lacuna no time.

Edinho - Caiu de rendimento e parou na reserva com Enderson na intertemporada. Voltou a ser titular sábado, contra o Vitória.

Ramiro - Foi bem na Libertadores, mas caiu de produção. Perdeu lugar no time a partir da saída de Enderson Moreira.

Riveros - Segue com as atuações regulares. Passou a jogar mais recuado do que atuou no último Gre-Nal.

Alán Ruiz - Enderson o fixou aberto pela direita. Pelos primeiros treinos de Felipão, parece ser o reserva imediato de Giuliano.

Dudu - A boa atuação do Gre-Nal não se manteve nos últimos meses. Seu último gol foi em 30 de abril, no 1 a 0 sobre o San Lorenzo. Ganhou a concorrência de Fernandinho.

Barcos - Passou um mês sem marcar. Fez dois contra a Chapecoense e ficou mais 77 dias sem colocar a bola na rede. Nos últimos dois jogos, fez três. Tem 20 na temporada.

Inter:


Inter no Gre-Nal 401
Foto: Mauro Vieira, Agencia RBS

Dida -
Vem conquistando a torcida, que num primeiro momento relutou pela sua idade e por vindo do rival. Pegou pênalti pela Copa do Brasil e tem atuações seguras.

Gilberto - Foi para a seleção sub-21, voltou vacilante e perdeu o lugar. É a grande mudança no time nesses mais de cem dias. Wellington Silva chegou para a posição e estreará em Gre-Nais.

Paulão - Outra vez, está fora do Gre-Nal. Agora, por suspensão. Abel já o elogiou a ponto de considerá-lo de ponta no Brasil. Ernando entrará em seu lugar.

Ernando - Esteve nos dois últimos clássicos deste ano. O segundo, porém, entrando no lugar de Juan. Agora, ganha brecha com a suspensão de Paulão.
 
Fabrício - Melhorou muito nesta temporada e só foi expulso por destempero uma vez. Tem quatro gols no novo Beira-Rio.
 
Willians - Segue como titular absoluto de Abel Braga. Mas envolveu-se em discussão com D'Ale devido ao seu comportamento fora de campo. Ganhou a parceria de Wellington diante da área.

Aránguiz - É o grande nome do Inter no momento. Teve atuação de luxo no Gre-Nal 401, brilhou na Copa do Mundo e volta ao time domingo, depois de lesionar o joelho contra a Espanha. Na retomada do Brasileirão, passou a atuar como meia.

Alex - Sofreu lesões desde o último Gre-Nal. Mas está inteiro agora e costuma crescer em clássicos. Foi assim na final do Gauchão, quando marcou dois gols. Deve ser titular no domingo.

D'Alessandro - É o dono do time e do vestiário. Costuma marcar em clássicos. Com Aránguiz no time, será a técnica do argentino com a velocidade do chileno.

Alan Patrick - Virou titular justamente nesse último Gre-Nal. Mas oscila e, por isso, é o mais cotado para perder o lugar para Aránguiz. 

Rafael Moura - É incontestável para Abel Braga. Tem os números a seu favor. É o goleador do novo Beira-Rio, com cinco gols, e na temporada, com 15.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.