Versão mobile

Emprego

Mais de 2 milhões de brasileiros trabalham na indústria cervejeira

Pesquisa inédita mostra que cadeia produtiva do setor paga R$ 21,6 bilhões em salários por ano

01/08/2014 | 14h37
Mais de 2 milhões de brasileiros trabalham na indústria cervejeira Andréa Graiz/Agencia RBS
Cadeia produtiva do setor cervejeiro é reponsável por mais de 2 milhões de empregos no país Foto: Andréa Graiz / Agencia RBS

Uma pesquisa sobre a bebida preferida dos brasileiros mostra que a indústria cervejeira gera mais de 2 milhões de postos de trabalho em toda a sua cadeia - o que corresponde a empregar quatro vezes toda a população de Florianópolis. O levantamento foi realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A região Sudeste concentra o maior número de vagas, com mais de um milhão de pessoas na indústria cervejeira.

Um dos mais tradicionais do Brasil, criado em 1853, o setor cervejeiro tem ampla capilaridade e está presente em todas as cidades do país, numa cadeia que vai do agronegócio ao pequeno varejo, passando pelos mercados de embalagens, logística, maquinário e construção civil. De acordo com a FGV, para cada emprego gerado em uma cervejaria, outros 50 são criados em toda a cadeia produtiva.

Outra razão para brindar é o índice de empregos em cervejarias, que tem crescido acima da média geral da indústria. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de 2009 a 2014, o aumento médio de empregos só em fábricas de malte, cerveja e chope foi de 5,4%, enquanto o índice geral da indústria melhorou apenas 2,1%. Só no ano passado, quando o índice geral de empregos na indústria cresceu 1,1%, o salto de empregos nas cervejarias foi de 7,7%.

O levantamento revela também que a cadeia produtiva da cerveja paga 21,6 bilhões de reais em salário por ano em todo o país. Valor maior que os 20,6 bilhões de reais destinados pelo governo federal ao programa Bolsa Família em 2013.

As cervejarias representam 12% de toda a indústria de transformação do Brasil. Considerando apenas a região Nordeste, esta representatividade é de 20%, seguido por 18% no Centro Oeste, 12% no Sudeste; 10% no Norte e 8% no Sul do país.

Os números do setor cervejeiro no Brasil:

- Mais de 2 milhões empregos

- R$ 21,6 bilhões em salários

- R$ 61,8 bilhões gerados para a economia

Notícias Relacionadas

Clube da Cerveja 31/01/2014 | 10h29

Saiba tudo sobre as cervejas puro malte

Grande parte das cervejas produzidas no Brasil contém cereais não maltados

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.