Versão mobile

Opinião

Paulo Sant'Ana: 13 de agosto!

14/08/2014 | 03h57
Eu vivo dizendo que pessoas importantes uma para a outra não devem viajar no mesmo avião. Nem no mesmo carro.

Num desastre provável com pessoas importantes entre si, salva-se pelo menos uma delas. Se estiverem juntas, ninguém se salva, e coitados dos órfãos.

Este desastre que matou nessa quarta-feira o candidato Eduardo Campos comprova mais uma vez isso: se Marina Silva estivesse com ele no avião, não haveria agora nenhum deles para ser candidato a presidente da República.

Marido e mulher, por exemplo, quaisquer que forem, não devem viajar no mesmo avião nem no mesmo carro. Se o fizerem, em caso de tragédia que cause a morte dos dois, a tragédia superveniente será maior ainda.

Eu acredito que Marina Silva substituirá Campos e será a candidata que encabeçará a chapa presidencial do PSB.

Uma vez na luta, os candidatos devem ir até o fim, mesmo que a morte os separe.

O piloto que conduzia o avião ontem desastrado falou com a torre de controle até o momento da queda.

Chegou a dizer que estava tentando aterrissar mas que não enxergava a pista, em face do mau tempo.

Ele acabou não vendo a pista e não vendo mais nada, tanto que bateu numa casa.

Não resta ao PSB e a seus aliados outra decisão que não seja colocar Marina Silva no lugar da chapa que pertencia ao falecido. Se não fizerem isso, será uma insanidade.

E talvez Marina estivesse predestinada para uma emergência dessa grandeza. Até mesmo porque, antes do desastre, já se cogitava que ela deveria ser a cabeça da chapa.

E vários acidentes de aviões se sucederam no noticiário nos últimos dias.

Quando a bruxa está solta...

Interessante coincidência: ontem, morte de Eduardo Campos, era 13 de agosto.

O avô de Campos, Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco, igual a Campos, morreu exatamente também no dia 13 de agosto, só que em 2005.

Todos se fixavam nessa coincidência nessa quarta-feira.

Mas a preocupação é quase nada: as estatísticas mostram que, de cada 100 milhões de passageiros transportados, apenas dois, doizinhos, acabam mortos em desastres aéreos.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.