Versão mobile

Pausa cancelada

Randon, de Caxias, pagará integralmente dia de folga e suspende flexibilização

Empresa lamenta iniciativa de Sindicato dos Metalúrgicos

01/08/2014 | 18h31
Randon, de Caxias, pagará integralmente dia de folga e suspende flexibilização Roni Rigon/Agencia RBS
A redução de até quatro dias por mês em agosto, setembro e outubro foi aprovada em votação por maioria dos mais de oito mil funcionários na última segunda-feira. Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
As Empresas Randon informaram, por meio de nota, que irão pagar integralmente as horas não-trabalhadas pelos funcionários nesta sexta-feira. O grupo informa que foi surpreendido pela manhã com liminar da Justiça do Trabalho de Caxias do Sul, acatando o pedido do Sindicato dos Metalúrgicos para cassação da flexibilização da jornada de trabalho.

A redução de até quatro dias por mês em agosto, setembro e outubro seria adotada pelas empresas, já nesta sexta-feira, após ter sido aprovada em votação por maioria dos mais de oito mil funcionários na última segunda-feira.

Ainda na nota, o grupo informa que embora a medida judicial tenha abrangido apenas um dia (esta sexta-feira), ela "inviabiliza a adoção do restante do regime de flexibilização, já que poderia ser estendida durante todo o prazo da proposta votada, o que, na prática, agravaria ainda mais a situação das empresas". A redução está, portanto, suspensa.

A nota destaca também que "a flexibilização proposta e aceita por deliberação direta dos trabalhadores, a exemplo do que já aconteceu em ocasiões críticas anteriores e em outras empresas, configurava-se como alternativa para enfrentar a crise experimentada pelo segmento".

Notícias Relacionadas

Mudança 01/08/2014 | 07h59

Justiça do Trabalho de Caxias suspende flexibilização da jornada de trabalho na Randon

Liminar foi concedida pela Justiça do Trabalho nesta quinta-feira ao Sindicato dos Metalúrgicos

Crise na indústria 29/07/2014 | 08h41

Funcionários da Randon, em Caxias do Sul, aceitam proposta de flexibilização da jornada

Medida valerá entre os meses de agosto e outubro, quando os funcionários deixarão de trabalhar quatro dias por mês

Polêmica nas urnas 28/07/2014 | 16h04

Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias questiona valor legal da votação que decide flexibilização na Randon

Já o Simecs diz que não há irregularidades e que, na falta do sindicato, a Cipa da empresa pode validar medida

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.