Versão mobile

VIOLÊNCIA

Sequestrador morre em tiroteio com a polícia

Marido de uma gerente de banco foi sequestrado esta manhã em Sapucaia do Sul. Um bandido morreu, o outro está em estado grave

Atualizada em 07/08/2014 | 17h3907/08/2014 | 11h51
Sequestrador morre em tiroteio com a polícia Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Um sequestro que começou na manhã de hoje em Sapucaia do Sul terminou em Gravataí, com tiroteio e morte de um dos criminosos.

Dois homens sequestraram o marido de uma gerente de banco de Sapucaia do Sul, que chegou a pagar o resgate aos bandidos. Eles fugiram em um Corolla cinza e abandonaram a vítima na RS-118 com a RS-020. Ele foi socorrido pelo Batalhão de Polícia Rodoviária e passa bem.

A perseguição aos criminosos começou ainda na RS-020, quando a Brigada Militar de Gravataí avistou o Corolla com dois homens armados. 
– Várias vezes, eles puseram as armas para fora do carro. Até que interceptamos o veículo na Dorival Cândido Luz de Oliveira, em Gravataí, quando houve troca de tiros – conta o sargento da Brigada Militar Márcio Mello.


Durante o confronto, o motorista do Corolla foi morto, e o comparsa, ferido. O homem foi encaminhado ao Hospital Dom João Becker. Segundo a assessoria de imprensa do Hospital, ele está passando por uma cirurgia, e seu estado é grave.

Com os bandidos, foram apreendidos uma espingarda calibre 12, coletes balísticos, um rádio na frequência da polícia e um revólver calibre 38.

Segundo a Brigada Militar, o dinheiro do resgate não foi localizado. Um outro carro, um Focus prata, teria participado da ação e conseguido fugir, A polícia acredita que o valor pago possa estar com eles.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.