Fiscalização

Suspensa interdição de mais máquinas e atividades do frigorífico JBS Aves em Montenegro

Ministério do Trabalho libera mais áreas da empresa com a condição de cumprir medidas de saneamento dos riscos

26/02/2014 | 22h14

Nova vistoria do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na segunda-feira determinou a suspensão parcial da interdição de mais máquinas e atividades da JBS Aves (antiga Doux Frangosul), localizada em Montenegro. Estão liberados o triturador de bloco e misturador de massa (setor de embutidos) e a máquina de embalar empanados Omori (setor de empanados). Também estão liberadas as seguintes atividades: de descarregamento de aves (linhas 1 e 2, incluindo a plataforma elevadora e a máquina tracionadora das caixas com aves do setor de plataforma), de movimentação manual de cargas de levantamento de produtos envarados (salsicha e mortadela) e encaixotamento de embutidos (todos do setor de embutidos) e palletização (setor de expedição e final da linha da embalagem do setor de embalagem de frango inteiro) e de funilar frangos e de posicionar embalagem (setor de embalagem de frango inteiro).

Permanecem interditadas as máquinas de embutimento de salsicha (setor de embutidos) e as atividades de movimentação de pallets nas câmaras frias nº 3 (integralmente) e nº 2 (parcialmente) do setor centro de distribuição. Esta suspensão do processo de interdição fica condicionada ao cumprimento integral das medidas de saneamento dos riscos.

Nos dias 18 e 19 de fevereiro, a indústria foi inspecionada. Ao final do segundo dia, o MTE determinou imediata paralisação de máquinas e atividades da empresa. A razão foi a constatação da situação de grave e iminente risco à saúde e segurança dos trabalhadores. No dia 21 de fevereiro, após vistoria, foi levantada parcialmente a interdição da unidade. Durante a paralisação dos serviços, em decorrência da interdição, os empregados devem receber os salários como se estivessem em efetivo exercício.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.