Campo Aberto

Gisele Loeblein: carne brasileira é prato cheio no Exterior

Indústria brasileira de carne bovina tem desempenho histórico no primeiro semestre e busca ampliar vendas com abertura de mercado nos Estados Unidos e retomada na China

14/07/2014 | 21h43

Com os resultados do primeiro semestre consolidando um desempenho histórico, de US$ 3,4 bilhões em embarques para o Exterior, a indústria brasileira de carne bovina se permite reforçar a projeção de resultado anual igualmente recorde.

Isso que na conta dos US$ 8 bilhões esperados em receita de exportação para 2014 ainda não entram dois mercados de peso: a China e os Estados Unidos.

Os chineses mantêm restrição ao nosso produto por conta do caso não clássico de vaca louca registrado em 2010, no Paraná – e que foi oficialmente anunciado em dezembro 2012. Isso apesar da Organização Mundial de Saúde Animal manter o status para o Brasil de risco insignificante à doença.

Antonio Camardelli, presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), está otimista em uma reversão desse quadro em breve. Uma missão sanitária, com técnicos chineses, veio ao país, e os resultados foram bastante positivos.

– Os indicativos são muito bons. É um otimismo baseado em fatos – garante Camardelli, que estima a retomada dos negócios com a China para agosto.

Outro desfecho aguardado para este ano é a abertura do mercado americano para carnes in natura. Ainda está pendente a publicação das regras de consulta pública realizada por lá. Camardelli afirma que há tempo hábil para a conquista.

As razões do interesse brasileiro nos Estados Unidos são claras: estão entre os maiores importadores do planeta e representam uma porta de acesso a outros países que fazem parte do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio.

Até essas duas questões se resolverem, o setor seguirá comemorando os bons resultados obtidos no mercado externo nos primeiros seis meses do ano. Sobretudo porque refletem uma oferta contínua, em quantidade e de qualidade.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.