Campo responde

Qual o perfil do gado de corte indicado para a região da Serra?

Considerando a geografia e o clima e as características específicas de cada raça.

23/09/2016 - 15h36min | Atualizada em 30/09/2016 - 16h44min

Pergunta: João Batista Lima, criador de Gir Leiteiro, Caxiasdo Sul

Quem responde: Bruno Teixeira, instrutor do Senar de Bovinosde Corte e técnico do Programa de Avaliação Genética PampaPlus

O desempenho de um animal, sua produção, é resultado da soma de efeitos genéticos e ambientais, ou seja, de nada adianta ter animais decomposição genética superior se as condições ambientais forem desfavoráveis e de nada serviria uma ótima alimentação em animais geneticamente inferiores. Mudar o ambiente de criação é mais caro do que utilizar animais de composição genética favorável às condições ambientais: quem decide qual raça, cruzamento ou biotipo animal a ser criado é o ambiente. Para os Campos de Cima da Serra podemos pensar em duas opções, caso tenhamos a possibilidade de intensificar o sistema de produção, com suplementações estratégicas para terminação dos novilhos,pastagens melhoradas e controle sanitário, principalmente ao quesito carrapato,é possível trabalharmos com raças puras como angus ou hereford. Porém, se o sistema for de menor tecnologia e for necessário maior adaptabilidade e rusticidade, o ideal é trabalhar com raças compostas de britânicos com zebuínos, como o braford ou o brangus.

Mande sua dúvida para o e-mail campo@zerohora.com.br

Leia todas as notícias da série "Campo responde"

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.