Você concorda que o Código de Defesa do Consumidor precisa ser modernizado?

Enviar mensagem
  • Juliano Pereira dos Anjos 

    Não concordo, simplesmente porque o brasileiro nem sabe usar como deve os artigos que já existem. O que deveria sim é ser cobrado ainda mais os benefícios que existem, pois leis já temos bastante, o que falta é a efetiva ação em cima delas.

    Esteio - RS - Brasil27/07/2012 | 16:18
  • Pedro Pereira Pereira 

    Na velocidade que as coisas andam hoje, se pensar assim a cada ano será preciso alterações com diplomas legais. Penso que mto antes disto é preciso que o Judiciário compreenda o seu papel nesta regu;ação e os casos a ele remetidos sejam céleres, fortes e exemplares. A população deve ter acesso rápido, ágil e eficaz para o forçado cumprimento e atendimento aos seus direitos previstos pelo CDC. Não vejo tamanha necessidade de atualizações constantes não. É preciso conhecer e cumprí-lo. Qdo o Judiciário apoiar e aplicar (Não existe código de proteção ao fornecedor!!!)As coisas andarão melhor.

    Estrela - RS - Brasil27/07/2012 | 15:51
  • Pedro Leães 

    Sim.O Código de Defesa do Consumidor precisa sofrer inúmeras atualizações,porque o texto atual tem muitos "furos" que não ajudam o alvo destas leis,os consumidores.Ainda mais no período,em que compras pela internet são maioria e inúmeras reclamações são realizadas ao Procon,o código não comporta itens que geralmente,não são respeitados pelos sites de compra,como prazo de entrega e trocas(ou devolução do dinheiro).

    Viamão - RS - Brasil27/07/2012 | 14:27
  • Alda Pegoraro Roeder 

    Não eu não concordo.Acho que acima de tudo deve ser eficiente,pois independente de ser modernizado ou não ele deve atender as necessidades de seus usuários quando solicitado.Não acredito que se modernizado ele vai atender com mais eficiência.

    Nova Prata - RS - Brasil27/07/2012 | 14:26
  • Renato Mendonça Pereira 

    Não só modernizado como alterado no processo de fiscalização.Hoje muitos clientes são enganados e iludidos por falsos anúncios e promessas.A lei deve ser estendida à uma fiscalização mais rígida quanto as ofertas apresentadas,muitas vezes não consumadas na hora do pagamento.Olha-se um preço e acaba-se pagando outro.Muito comum em supermercados onde existem as grandes aglomerações e distrações colaborando para a aplicação dos mal intencionados e aproveitadores.

    Alvorada - RS - Brasil27/07/2012 | 14:05
  • EDUARDO ALDOVAR 

    CONCORDO.TEMOS COMO CONSUMIDORES,SERMOS PROTEGIDOS CONTRA A MÁFIA DAS EMPRESAS QUE POSSUEM A CONCESSÃO DE CELULARES,POIS ELES SEMPRE TEM RAZÃO E "PROVAM" QUE VOCE ESTÁ "MENTINDO" EM RELAÇÃO A SUA RECLAMAÇÃO INDIVIDUAL. A ANATEL, DIZ QUE NADA PODE FAZER, SEMPRE QUANDO SOLICITADA SUA INTERVENÇÃO.DE NADA VAI ADIANTAR A ATUALIZAÇÃO DO CÓDIGO, SE OS ÓRGÃOS RESPONSÁVEIS PELA FISCALIZAÇÃO, NÃO AGIREM E NÃO TIVEREM FUNCIONÁRIOS ATUANDO NA PRATICA, POIS CASO ISSO ACONTECER( SERA O NORMAL),FICARÁ COMO AS LEIS EM PORTO ALEGRE,ELAS EXISTEM, MAS NINGUÉM FISCALIZA, E O PODER PÚBLICO NÃO SABE NEM QUAL SETOR DEVE SER O RESPONSÁVEL PELA FISCALIZAÇÃO.EXEMPLOS? CACHORROS DAS MADAMES EMPORCALHANDO A CIDADE,FLANELINHAS,MARGINAIS FAZENDO AS PRAÇAS DA CIDADE DE COVIL, PROPAGANDA ELEITORAL IRREGULAR,PICHADORES, E ASSIM VAI...

    POA - RS - Brasil27/07/2012 | 13:29
  • Décio Antônio Damin 

    Tudo tem de ser "modernizado"! O mundo muda tão rapidamente que até antes de serem usados plenamenteos meios já estão obsoletos.

    Porto Alegre - RS - Brasil27/07/2012 | 12:40
  • Talita Mazzola 

    Precisa e URGENTE. Estamos nos século XXI, onde as compras pela internet estão sendo opção quase absoluta por boa parcela da população, inclusive com lojas optando pela venda online de seus produtos. E nosso código sequer tem um artigo que prevê os direitos dos consumidores online.

    Ijuí - RS - Brasil27/07/2012 | 11:02
  • Felipe Spuldaro 

    Concordo. O Código de Defesa do Consumidor precisa ser modernizado, aprimorado, pois, está muito defasado

    Marau-RS - RS - Brasil27/07/2012 | 09:44
  • José Silveira 

    Sim. Mas antes de modernização, os códigos brasileiros costumam padecer de falta de suficiente cumprimento. Códigos pressupoem e pautam culturas. Quando apareceu, o Código de Defesa do Consumidor era visto com receio de que fosse um cerceador das liberdades econômicas ou mais um instrumento da burocracia oficial. Se hoje existe a preocupação noticiada por ZH, de proteger melhor o consumidor atualizando a lei para incluir novidades com especificidades necessárias, é porque o efeito do Código foi benéfico ao mercado. Aperfeiçoá-lo portanto vai ser um amadurecimento das relações de consumo, embora fique a indagação sobre o grau de efetividade da aplicação dessa lei. E que ao dar-se ao consumidor maiores canais de autodefesa, não se esteja procurando distraí-lo da proteção de orgãos como as agências reguladoras, que se alevantam em apoio a queixas formalmente cadastradas nos Procons, dando consequência à obrigação estatal de fiscalizar, imposta no próprio CBDC.

    Brasília - DF - Brasil26/07/2012 | 23:22
  • Maria Goreti Huwe 

    O Código de Defesa do Consumidor atualizado pois as relações de consumo estão em constante evolução,a cada dia surgem novos conflitos envolvendo o Direito Consumerista.

    Santa Cruz do Sul - RS - Brasil26/07/2012 | 23:04
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.