Rede social

Com ação a US$ 38, Facebook alcança valor de mercado de US$ 104,2 bilhões

A partir de amanhã a empresa começa a ser listada na Nasdaq

17/05/2012 | 18h11

Facebook alcançou US$16 bilhões na maior oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de uma empresa de tecnologia na história, divulgou a Bloomberg nesta quinta-feira. A rede social vendeu 421.2 milhões de papéis a US$ 38 cada, o que confere ao Facebook o valor de mercado de US$ 104,2 bilhões. A oferta consolida o valor recorde sobre o Google, que arrecadou US$ 1,67 em sua oferta pública, em 2004.

Desde o começo da semana, investidores já mostravam aumento no interesse pelos papéis do Facebook e fizeram, em um primeiro momento, a faixa de preço de venda das ações saltar de US$ 28 e US$ 35 para a margem de US$ 34 e US$ 38, que acabou se consolidando como valor para as negociações.

Além disso, na quarta-feira a companhia liderada por Mark Zuckerberg já havia anunciado que venderia 25% mais de ações para atender à demanda de investidores interessados nos papéis. A rede social indicou, em um documento para reguladores que cerca de 421 milhões de suas ações serão oferecidas à venda, um aumento sobre os 337 milhões que faziam parte do planejamento anterior. O total não inclui 63 milhões de ações adicionais que operadores financeiros do acordo poderão vender por conta própria, para cobrir o excesso de demanda.

Em um documento apresentado à Comissão de Valores e Câmbio americana, Facebook indicou que os títulos adicionais disponíveis são dos atuais acionistas da rede social – a companhia não receberá nada do arrecadado com a venda de ações dos acionistas. O documento entregue aos reguladores também revelou que o diretor-geral da rede social mais famosa do mundo, Mark Zuckerberg, controlará a companhia com aproximadamente 55,8% das ações com direito a voto, uma pequena diminuição diante de 57,3% das ações que inicialmente esperava ter.

A partir desta sexta-feira, as ações do Facebook serão listadas na bolsa de tecnologia Nasdaq, com a sigla FB.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.