Investimento no RS

Fabricante de implementos rodoviários investirá R$ 2,5 bilhões no Estado

Randon deve anunciar a iniciativa na quinta-feira durante solenidade no Palácio Piratini

16/05/2012 | 06h07
Fabricante de implementos rodoviários investirá R$ 2,5 bilhões no Estado Daniela Xu/Agencia RBS
Grupo de Caxias do Sul expandirá todas as fábricas de seu complexo já existente Foto: Daniela Xu / Agencia RBS
Em solenidade com a presença do governador Tarso Genro, a Randon anunciará na próxima quinta-feira no Palácio Piratini um investimento de R$ 2,5 bilhões. Com o incentivo do Fundopem e um "outro pacote de medidas", o grupo de Caxias do Sul expandirá todas as fábricas de seu complexo já existente.

Um dos maiores investimentos já feitos no Estado – para se ter uma ideia, a ampliação da GM é de R$ 2 bilhões – de uma certa forma até surpreende neste momento. No início do ano, o fabricante de implementos rodoviários havia sido modesta, anunciando a aplicação de R$ 400 milhões em 2012.

Como é costume no conglomerado, o plano de investimentos será de cinco anos (a exemplo do anunciado em 2005, no governo Rigotto), visará essencialmente unidades no Estado, mas não se descarta também aplicar algo fora daqui:

— A parte mais relevante do investimento, porém, será no Estado, conforme o protocolo de intenções a ser assinado com o governo — disse uma fonte, que não descartou, porém, "fusões e aquisições” no futuro, “dependendo de oportunidades e do momento".

O número de empregos gerados não foi revelado, mas "é significativo", como importante também é a estratégia fixada de perseguir a duplicação do faturamento – R$ 6,38 bilhões em 2011– em cinco anos, com a mesma rentabilidade atual. Nos últimos anos, a Randon tem crescido a uma taxa média de 16% a 17% a cada 12 meses. Nos últimos cinco anos, por exemplo, dobrou de tamanho.

O assunto da duplicação da Randon também foi comentado pelo governador na noite de segunda-feira, em reunião seguida de jantar, com os presidentes dos poderes do Estado no Palácio da Justiça.

No encontro, Tarso destacou iniciativas que o governo vem tomando para melhorar a situação das finanças públicas. Além de parcerias com a União, falou da atração de investimenos e anunciou que, em breve, a Randon revelaria seu projeto de duplicar as operações aqui.

Um empresário com acesso a informações de mercado lembrou um outro detalhe importante: o grupo da Serra andou comprando áreas grandes em Caxias do Sul há não muito tempo. Tudo de olho na expansão prevista.

Hoje, a Randon tem nove empresas, além da holding. São dois complexos industriais em Caxias e uma unidade em São Paulo, além de fábricas na China, nos Estados Unidos e na Argentina.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.