Em baixa

Vendas do varejo caem 0,8% em maio, informa IBGE

Até maio, as vendas do varejo restrito acumulam altas de 9,0% no ano e de 7,3% nos últimos 12 meses

11/07/2012 | 10h25

 As vendas do comércio varejista restrito caíram 0,8% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado veio abaixo do piso do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que esperavam desde uma queda de 0,30% a uma alta de 1,30%, com mediana positiva de 0,50%. Na comparação com maio de 2011, as vendas do varejo tiveram alta de 8,2% no mesmo mês deste ano. Nesse confronto, as projeções variavam de uma alta entre 9,00% e 11,30%, com mediana de 10,50%.

Até maio, as vendas do varejo restrito acumulam altas de 9,0% no ano e de 7,3% nos últimos 12 meses. Quanto ao varejo ampliado, que inclui as atividades de material de construção e de veículos, as vendas caíram 0,7% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal.

O resultado veio dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que esperavam desde uma queda de 1,10% a uma alta de 1,60%, mas a queda foi maior que a mediana negativa de 0,10%. Na comparação com maio de 2011, as vendas do varejo ampliado tiveram alta de 4,2% em maio deste ano. Nesse confronto, as projeções variavam de um avanço de 0,20% a 8,70%, com mediana positiva de 4,70%. Até maio, as vendas do comércio varejista ampliado acumulam altas de 5,8% no ano e de 5,3% nos últimos 12 meses.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.