Feito no Estado

Onix vermelho é o carro 2 milhões de Gravataí

Marca histórica, comemorada na fábrica gaúcha, foi atingida na manhã desta quinta-feira

13/12/2012 | 14h50
Onix vermelho é o carro 2 milhões de Gravataí João Alves/Divulgação
Atualmente, um automóvel sai da esteira de montagem a cada 54 segundos Foto: João Alves / Divulgação

Pontualmente às 11h4min desta quinta-feira um Onix vermelho chegou ao final da linha de montagem completando a produção de 2 milhões de veículos do Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (Ciag). Com presença de Marcos Munhoz, vice-presidente da General Motors do Brasil, os funcionários interromperam o trabalho, retiram o carro da esteira de produção e comemoraram a marca, atingida em 12 anos da fábrica inaugurada em 20 de julho de 2000. Munhoz lembrou que foram necessários oito anos para a unidade chegar ao primeiro milhão de veículos e apenas quatro anos para o segundo milhão.

O Ciag teve a capacidade de produção ampliada para o Projeto Onix, passando de 220 mil carros por ano para 380 mil, assim como a quantidade de sistemistas (fornecedores de peças e componentes dos veículos). Com a chegada do hatch Onix, em outubro deste ano, o complexo retirou de linha o Prima. O substituto do segundo modelo fabricado pela GM em Gravataí será substituído em 2013 pela versão sedã do Onix.

Atualmente, um carro sai da esteira de montagem do Ciag a cada 54 segundos, intercalando o Celta e o Onix, na proporção um por um. O ciclo total que um modelo leva para ficar pronto, desde o zero, é de 24 horas. Com a ampliação, a fábrica de Gravataí passou a ser a maior da fabricante no Hemisfério Sul e terceira da marca no mundo.

Segundo Munhoz, a GM deve fechar o ano com 640 mil veículos vendidos no mercado brasileiro. A projeção para 2013 é de 680 mil veículos.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.