Rumo da paralisação

TST marca audiência para discutir a greve dos servidores dos Correios

Reunião de de conciliação entre os Correios e a Fentect será realizada na próxima segunda-feira

20/02/2014 | 18h46

O ministro Márcio Eurico Vitral Amaro, agendou para às 10h da próxima segunda-feira, em Brasília, uma audiência de conciliação entre os Correios e a Federação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect). Desde do dia 30 de janeiro, diversos sindicatos dos servidores da empresa — inclusive do Rio Grande do Sul — estão em greve.

A audiência decorre da ação cautelar que os Correios protocolaram junto ao TST solicitando a suspensão da paralisação parcial que atinge 13 Estados. Em caso de não haver conciliação, o tribunal realizará o julgamento do mérito da ação.

A principal reivindicação da categoria é a manutenção do atual plano de saúde dos funcionários, o CorreioSaúde. De acordo com os grevistas, a troca de operadora do plano, que deixou de ser gerido pela empresa para ser controlado pela Postal Saúde, acarreta perda de benefícios e aumento de custos para os funcionários. A estatal destaca que não foram nem serão feitas alterações no funcionamento do plano.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.