Ladeira abaixo

Bovespa fecha no menor nível desde abril de 2009

Índice da Bolsa de São Paulo retrocede 1,05% na sessão, encerrando com 44.965 pontos

14/03/2014 | 18h12
Bovespa fecha no menor nível desde abril de 2009 Yasuyoshi Chiba/AFP
Composto pelas 72 ações mais importantes, o Ibovespa voltou ao patamar de quase cinco anos Foto: Yasuyoshi Chiba / AFP

Prejudicada pelo desempenho das ações do setor de energia elétrica, a Bolsa de São Paulo (Bovespa) fechou com queda de 1,05% e 44.965 pontos. Trata-se do menor nível desde 22 de abril de 2009, seis meses após tocar no fundo do poço (29.435 pontos) durante a turbulência financeira global.

Composto pelas 72 ações mais negociadas no mercado, o Ibovespa passou a acumula perdas de 2,77% de semana, de 4,52% no mês e de 12,7% em 2014.

Após acentuadas altas na quinta-feira por conta da expectativa de reajuste das tarifas neste ano, as ações do setor de energia tiveram fortes baixas devido à decepção pela ausência de confirmação. O governo anunciou que um aumento nas contas de luz deverá ser feito apenas em 2015.

Na outra ponta, os papéis da Companhia Siderúrgica Nacional dispararam 12% em decorrência do anúncio de um programa de recompra de ações de emissão da própria empresa.

No câmbio, o dólar recuou 0,54%, encerrando a R$ 2,3510 no mercado à vista. No segmento turismo, a cotação ficou em torno de R$ 2,49 nas casas de câmbio.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.