Mais próximo da igualdade

Mulheres ainda ganham menos do que homens, mas desigualdade diminuiu

Pesquisa divulgada pela FEE às vésperas do Dia da Mulher mostra que formalização do emprego cresce desde 2004

06/03/2014 | 15h39

O salário médio das mulheres gaúchas equivale a 75,3% dos rendimentos de um trabalhador do sexo masculino no Estado. Mesmo com um aumento médio de 4,1% em seus rendimentos, as empregadas do sexo feminino ainda ganham em média R$ 487 a menos do que os homens por mês. Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) da Fundação de Economia e Estatística (FEE) do Estado, divulgada nesta quinta, às vésperas do Dia da Mulher.

Na passagem de 2012 para 2013, a desigualdade entre homens e mulheres no mercado de trabalho diminuiu: no ano anterior, a média dos salários no sexo feminino representava 74% dos rendimentos dos homens. A situação melhorou também se analisada por setores. No pior deles, a indústria de transformação, o salário médio de uma mulher ainda é apenas 66,3% do salário masculino. O setor que chega mais próximo da igualdade é o do comércio – nessa, porém, o percentual diminuiu: em 2012, era de 76,8%, mas caiu para 75,8% no ano passado.

Como a jornada semanal média é diferente entre os sexos, um índice importante é o rendimento médio real por hora trabalhada. Em 2012, esse indicador cresceu no mercado de trabalho feminino (média de R$ 8,65 por hora em 2013, ante R$ 8,11 no ano anterior) e também entre os homens (de R$ 10,22 em 2012 para R$ 10,45 em 2013). Em 2012, as mulheres ganhavam em média 79,4% do que ganhavam os homens por hora, e esse percentual aumentou para 82,8% em 2013.

A formalização das relações de trabalho também aumentou, principalmente entre mulheres. O número de empregadas com carteira de trabalho assinada aumentou 4,6% na passagem de ano, enquanto as sem carteira assinada diminuiu 4,6%. Entre os homens, o índice de trabalhadores com carteira assinada também aumentou, cerca de 1,7%. O número de homens sem carteira assinada diminuiu consideravelmente: 12,6%.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.